Sobe para 166 número de casos de Covid-19 na Copa América

Competição está no seu décimo dia; os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro
23 de junho de 2021 às 16:03 | Atualizado 23 de junho de 2021 às 21:21

Subiu para 166 o número de casos confirmados de Covid-19 entre pessoas envolvidas na realização da Copa América no Brasil. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (23) pelo Ministério da Saúde.

Os casos do novo coronavírus foram confirmados em Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e no Rio de Janeiro (RJ). Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise.

Entre os contaminados, 48 são jogadores e membros das delegações, 115 prestadores de serviços contratados para o evento e 3 funcionários da Conmebol - estafe que inclui arbitragem, médicos e equipe logística.

 

Segundo o Ministério da Saúde, até o momento foram realizados 22.856 testes de RT-PCR nas pessoas envolvidas na realização da competição sul-americana. Dessa forma, a positividade de casos por covid-19 geral foi de 0,73%.

Nesta quarta-feira (23), o Brasil enfrenta a Colômbia em partida válida pela 4° rodada da fase de grupos da Copa América. O jogo acontece no estádio Nilton Santos, o Engenhão, às 21h.

O treinador da seleção brasileira, Tite, participou nesta terça-feira (22) de uma coletiva de imprensa pré-jogo. Questionado pela CNN se acreditava que a contaminação por Covid-19 estava controlada entre os participantes da Copa América, disse: “Não sei responder essa pergunta, não sei mesmo”.

Copa América 2021
Foto: Reprodução/Twitter/Conmebol