Em 29 dias, Copa América registra total de 179 casos de Covid-19

Foram realizados 28.766 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços

Everton Souza da CNN no Rio de Janeiro
10 de julho de 2021 às 18:31
 Vista geral do estádio Maracanã, palco da final entre Brasil e Argentina
Vista geral do estádio Maracanã, palco da final entre Brasil e Argentina
Foto: Thiago Ribeiro/Agif/Estadão Conteúdo

O levantamento feito pelo Ministério da Saúde neste sábado (10) informa que subiram de 165 para 179 os casos de Covid-19 entre 11 de junho e 10 de julho entre os participanes da Copa América.

Os dados mostram que foram realizados 28.766 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. Dos 179 positivados, 36 são jogadores ou membros das delegações, 137 prestadores de serviços terceirizados e 6 pessoas da Conmebol - equipe que inclui arbitragem, médicos e equipe logística.

A média de casos confirmados em relação aos testes realizados foi de 0,62%. Os registros foram confirmados em todas as sedes: Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Rio de Janeiro (RJ). 

 

O Ministério da Saúde informou que os dados são atualizados a partir das informações enviadas pela organizadora do evento, a Conmebol. Que também é responsável pela realização dos testes e pelo sequenciamento genético para análise de possíveis variantes. Essa análise é feita pra verificar se existe alguma variante em circulação.

Até o momento os pedidos feitos pela CNN sobre os resultados do sequenciamento genético não foram respondidos.