Atleta da ginástica olímpica dos EUA testa positivo para Covid-19 no Japão

Ginasta estaria isolada em hotel na cidade de Inzai enquanto a equipe que participará da competição se mudou para Tóquio

Reuters
19 de julho de 2021 às 10:17 | Atualizado 19 de julho de 2021 às 10:18
Símbolo das Olimpíadas em Tóquio
Símbolo das Olimpíadas em Tóquio
Foto: Getty Images

Uma ginasta dos Estados Unidos testou positivo para coronavírus, revelou nesta segunda-feira (19) uma autoridade da cidade onde a equipe está treinando.

O oficial em Inzai, a leste de Tóquio, disse que a ginasta era adolescente e que ela poderia ter tido contato próximo com outra pessoa, mas se recusou a dar mais informações, incluindo se a ginasta estava no time principal ou era reserva. O nome da atleta também não foi revelado. 

Simone Biles, a grande aposta dos EUA na ginástica para Tóquio 2020, tem 24 anos. As duas adolescentes da equipe dos EUA são Sunisa Lee e Grace McCallum, ambas com 18 anos.

Todas os quatro reservas, selecionadas caso um dos membros da equipe principal teste positivo para a Covid-19, são adolescentes. Três atletas alojados na Vila Olímpica de Tóquio testaram positivo para Covid-19 – o terceiro caso, de um jogador de vôlei da República Tcheca, foi confirmado nesta segunda-feira (19).

Nesta segunda, Sunisa Lee postou um vídeo no Instagram mostrando ela e três membros da equipe sorrindo e mostrando seu credenciamento, com a legenda "Rumo a Tóquio". Mais tarde, ela postou uma foto mostrando ela e as outras atletas em frente à Vila Olímpica.

Diversos relatos da mídia japonesa disseram que um simples teste de triagem de saliva identificou a atleta em questão como suspeita de estar infectada no domingo, o que foi confirmado com um teste PCR mais detalhado na segunda-feira.

A imprensa local acrescentou que esta pessoa e um contato próximo permaneceram no hotel da cidade onde treinaram, enquanto a equipe que participará da competição se mudou para Tóquio. 

(Reportagem de Elaine Lies; Edição de Hugh Lawson; edição por Gareth Jones e Hugh Lawson)