Após demissão de Crespo, Rogério Ceni é o novo técnico do São Paulo

Segundo a equipe, treinador já fez contato com os jogadores e pretende comandar o Tricolor na partida desta quinta-feira (14) contra o Ceará

Douglas Portoda CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Menos de três horas depois de oficializar a saída do argentino Hernán Crespo do comando do time, o São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (13), o retorno do treinador Rogério Ceni.

Ex-goleiro e ídolo do tricolor paulista, Ceni iniciou sua carreira como técnico no clube, no qual trabalhou entre dezembro de 2016 e julho de 2017.

No anúncio, o São Paulo afirmou que Ceni já realizou contato com os jogadores e pretende comandar o time na partida desta quinta-feira (14) contra o Ceará, no Estádio do Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe está na 13ª colocação da competição, com 30 pontos.

O presidente do São Paulo, Julio Casares, afirmou que era preciso “tomar uma decisão rápida” e que foi ao “encontro da nossa linha de raciocínio e ao diagnóstico de todo o departamento de futebol” para colocar Ceni no comando da equipe principal.

“Já havia deixado claro que, em caso de vacância no cargo, ele seria a nossa primeira alternativa, se estivesse livre no mercado. Como bom são-paulino que é, não precisou de mais de 15 minutos para acertar essa volta para casa”, declarou Casares.

Em sua carreira Ceni já conquistou nove títulos: uma Florida Cup pelo São Paulo, um Campeonato Brasileiro Série B, dois Campeonatos Cearenses e uma Copa do Nordeste pelo Fortaleza e um Campeonato Brasileiro, uma Supercopa do Brasil, um Campeonato Carioca e uma Taça Guanabara pelo Flamengo.

Demissão de Crespo

Hernán Crespo foi demitido do São Paulo em uma decisão em comum acordo, segundo comunicado da equipe. Além de Crespo, toda sua comissão técnica também deixou o clube.

O argentino de 46 anos chegou em fevereiro após conquistar a Copa Sul-Americana com o Defensa y Justicia e ajudou a quebrar a sequência de nove anos do Tricolor paulista sem títulos ao conquistar o Campeonato Paulista deste ano. Crespo comandou a equipe em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e 10 derrotas, aproveitamento de 57,23%.

(*Com informações de Henrique Andrade, da CNN)

Mais Recentes da CNN