Brasil sediará uma das três corridas sprint da temporada de 2022 da Fórmula 1

Circuito de Interlagos será o único a receber o formato pelo segundo ano seguido; FIA também anunciou mudanças na pontuação das provas curtas

Piloto espanhol Carlos Sainz Jr da equipe Ferrari na Sprint Race do Grande Prêmio São Paulo realizado no Autódromo de Interlagos pelo circuito mundial da Fórmula 1 na temporada 2021
Piloto espanhol Carlos Sainz Jr da equipe Ferrari na Sprint Race do Grande Prêmio São Paulo realizado no Autódromo de Interlagos pelo circuito mundial da Fórmula 1 na temporada 2021 Foto: Duda Bairros/AGIF/Estadão Conteúdo

Vinícius Tadeuda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

O Conselho da Fórmula 1 anunciou nesta segunda-feira (14) que a temporada de 2022 contará com três corridas sprint. As etapas acontecerão nos Grandes Prêmios de Imola, Áustria e Brasil, realizado no Autódromo de Interlagos. Além disso, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou um aumento na distribuição de pontos das corridas curtas.

A partir deste ano, os oito primeiros colocados das sprint contarão com um aumento na pontuação geral. O vencedor da prova vai receber 8 pontos, o segundo colocado 7, e assim por diante até o oitavo lugar, que somará 1 ponto.

Além disso, a pole-position não será mais destinada a quem vencer a corrida curta de sábado, mas sim para o piloto que anotar o tempo mais rápido no treino classificatório de sexta-feira. O grid de largada do GP de domingo ainda será definido pelo resultado da sprint do dia anterior.

As corridas sprint foram introduzidas na temporada da Fórmula 1 do ano passado, e foram realizadas em caráter experimental nos GPs da Inglaterra, Itália e Brasil. Max Verstappen foi o vencedor da primeira edição, enquanto Valtteri Bottas chegou em primeiro nas outras duas. Na primeira versão do formato, apenas os três primeiros colocados recebiam pontos.

O circuito de Interlagos será o único a receber o formato pelo segundo ano seguido.

As sprint são consideradas corridas curtas de classificação de cerca de 100 quilômetros, com duração de 25 a 30 minutos. O resultado da etapa, que é realizada no sábado, determina o grid de largada para a corrida principal de domingo.

Nas corridas sprint, os pilotos não precisam fazer um pit stop e são livres para escolherem o tipo de pneu que vai ser utilizado na prova. Além disso, os primeiros colocados dessa etapa somam pontos extras no campeonato.

Preparativos para a temporada de 2022

A temporada deste ano da Fórmula 1 contará com todos os carros novos projetados para uma revisão radical das regras da categoria. O primeiro Grande Prêmio do ano será realizado no Bahrein, em 20 de março.

A FIA anunciou que tornará obrigatório que todas as pessoas que trabalham no paddock estejam totalmente vacinadas contra a Covid-19, sem isenção, a partir desta temporada.

A obrigatoriedade se aplicará a qualquer pessoa que entrar no paddock – uma área exclusiva onde equipes e pilotos se instalam para um fim de semana de corrida. Isso incluirá todos os pilotos competidores, equipe de hospitalidade, imprensa, a FIA, detentores de direitos comerciais e até convidados famosos.

Relembre imagens do último GP de São Paulo

Mais Recentes da CNN