Colocamos nosso nome na história do clube, diz goleiro do Atlético-MG

Clube encerrou o maior jejum entre clubes nacionais conquistando o Campeonato Brasileiro após 50 anos

Douglas Portoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Éverson, goleiro do Atlético-MG, afirmou nesta sexta-feira (3), em entrevista à CNN, que o título do bicampeonato brasileiro, encerrando o maior jejum entre os clubes campeões nacionais após 50 anos, coloca o nome dos jogadores na história da equipe.

O Galo venceu o Bahia, de virada por 3 a 2, no estádio da Fonte Nova, em Salvador, na última quinta-feira (2). Para Éverson, o triunfo “consolidou o título, saindo dessa fila de 50 anos sem o Campeonato Brasileiro, em que colocamos nosso nome na história do clube.”

“No jogo a gente acaba tomando um gol, e em menos de cinco de minutos tomamos dois gols. Mas somos uma equipe muito centrada e muito forte mentalmente. Ficamos focados e fechados para que pudéssemos reverter aquela situação de não perder o jogo. Consequentemente, fizemos um gol com o Hulk de pênalti e um minuto depois, o gol com o Keno. Nos fortalecemos muito com os dois gols, e em menos de cinco minutos fizemos o terceiro gol com o Keno”, contou Éverson.

O Galo somou 81 pontos em 36 rodadas. Foram 25 vitórias, 6 empates e apenas cinco derrotas. O clube balançou às redes 60 vezes e foi vazado apenas 27, chegando a 33 de saldo de gols, acontecendo com a contribuição do trabalho do goleiro.

Chegando no Atlético-MG em 2020, após vindo do Santos, Éverson analisou que “a torcida do Galo é muito exigente, que cobra muito e apoia muito”. Mas, que como todo atleta profissional, passa por bons e maus momentos, sendo criticado nos dias ruins. Entretanto, explicou que não se deixou abalar e procurou trabalhar da melhor forma.

“Nos momentos não tão bons acabei recebendo algumas críticas, mas me fortaleci junto com a minha família, que é um alicerce que tenho. Sempre procurei trabalhar em silêncio, sempre procurei dar a resposta dentro de campo e hoje, graças a Deus, estou consolidando com esse título do Campeonato Brasileiro e dando minha parcela de contribuição.”

Mais Recentes da CNN