Em “revanche”, Palmeiras enfrenta Al Ahly por vaga na final do Mundial de Clubes

Confronto ocorre no estádio Al Nahyan, em Abu Dhabi, às 13h30; os times se enfrentaram na última edição do torneio

Palmeiras enfrentará o Al Ahly na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa
Palmeiras enfrentará o Al Ahly na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa CESAR GRECO/PALMEIRAS

Tiago Tortellada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Buscando o título de campeão do mundo, o Palmeiras enfrenta o Al Ahly, do Egito, na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa às 13h30 desta terça-feira (8).

Quem ganhar a partida estará a um jogo da tão sonhada taça do Mundial e disputará a final contra o vencedor de Chelsea x Al Hilal, duelo que acontecerá nesta quarta-feira (9), às 13h30. A final será realizada no sábado (12), no mesmo horário. Os jogos acontecem nos Emirados Árabes Unidos.

O time egípcio já estreou na competição, vencendo o Monterrey, do México –considerado favorito no confronto– por 1 a 0. Para a disputa contra o Palmeiras, o Al Ahly terá o reforço de cinco jogadores que estavam com a seleção do Egito para a final da Copa Africana de Nações, que aconteceu neste domingo (6).

Ao longo da história, o Verdão mediu forças 11 vezes contra equipes africanas –o último duelo, inclusive, foi com o próprio Al Ahly, pela disputa de terceiro lugar no Mundial de Clubes da Fifa no ano passado. São sete vitórias alviverdes, dois empates e duas derrotas.

O time paulista tem a possibilidade de se tornar campeão do Mundial de Clubes pela primeira vez nos atuais moldes da competição — há controvérsias sobre o fato, já que o Verdão venceu, em 1951, o Torneio Internacional de Clubes Campeões e tem esse título reconhecido pela própria Fifa.

Na última edição, o Palmeiras ficou na quarta colocação após ser derrotado pelo Tigres, do México, nas semifinais e pelo Al Ahly na disputa pelo terceiro lugar, nos pênaltis.

Preparação e foco para a semifinal

Diferentemente do ano passado, o Palmeiras viajou para o local da competição vários dias antes da partida. O Verdão chegou a Abu Dhabi na quinta-feira (3).

Na segunda-feira (7) o time paulista fez o último treino e reconhecimento do gramado do estádio Al Nahyan, em Abu Dhabi, onde o jogo será disputado. As grandes novidades foram o lateral-esquerdo Piquerez e o goleiro Mateus.

Ambos chegaram aos Emirados Árabes no domingo e se juntaram à delegação alviverde. O lateral uruguaio estava com Covid-19 e era dúvida para o torneio. Mateus foi inscrito no lugar do também goleiro Vinicius Silvestre, que também estou positivo para o coronavírus no desembarque no país.

Confira a lista de jogadores inscritos pelo Palmeiras e as suas numerações:

Goleiros: Weverton (21), Mateus (31) e Marcelo Lomba (42)
Zagueiros: Kuscevic (4), Luan (13), Gustavo Gomez (13), Murilo (26)
Meias: Zé Rafael (8), Gustavo Scarpa (14), Atuesta (20), Raphael Veiga (23), Danilo (28) e Jailson (30)
Laterais: Marcos Rocha (2), Jorge (6), Mayke (12), Piquerez (22)
Atacantes: Dudu (7), Rony (10), Wesley (11), Deyverson (16), Breno Lopez (19), Rafael Navarro (29)

Sobre quase ficar de fora da competição, Piquerez disse que “foi algo muito difícil, porque é o meu primeiro Mundial e, como todo jogador, eu queria muito estar presente. Foi uma viagem longa, mas estou feliz por estar aqui e à disposição para o jogo. Esperamos que Deus esteja com a gente e que possamos lograr o objetivo que todo torcedor palmeirense quer”.

Após o treino de segunda, o técnico Abel Ferreira e o zagueiro Gustavo Gomez concederam entrevista coletiva para os jornalistas.


“Temos de respeitar muito o Al Ahly. Vi uma equipe supercompetitiva, muito sabedora do que tinha de fazer dentro de campo. E ganhou do Monterrey, que ficou em primeiro em seu campeonato”, afirmou o treinador português.

“Sempre digo que nós controlamos aquilo que temos de fazer e muitas vezes o maior adversário que temos está dentro de nós. Temos de impor o nosso jogo e saber que será um jogo muito importante, assim como todos foram até chegarmos aqui. Eu não controlo resultado, não sei se entraremos no jogo e marcaremos primeiro. O que sei é que os jogadores sabem o que precisam fazer em campo. Isso que me dá confiança e segurança”, acrescentou.

Quem é o Al Ahly?

O clube do Egito retorna para a sua sétima participação no Mundial da Fifa. Ele foi fundado em 1907, ganhando o primeiro título de futebol em 1923, e estima que reúna milhões de torcedores pelo Egito e países ao redor.

O Al Ahly tem um número impressionante de títulos da Premier League Egípcia, tendo vencido o torneio 42 vezes. Ele também foi campeão 37 vezes da Copa do Egito.

O time é dez vezes campeão da Liga dos Campeões da Confederação Africana de Futebol (CAF).

Conheça os clubes que disputam o Mundial de Clubes da Fifa 2021:

Mais Recentes da CNN