Família Schumacher volta à Fórmula 1 em 2021, após Mick ser contratado pela Haas

Piloto alemão de 21 anos assinou um contrato de vários anos com a equipe norte-americana; atualmente, ele lidera o campeonato de Fórmula 2

Filho de Michael Schumacher, Mick Schumacher, será piloto da equipe Haas de Fórmula 1 em 2021
Filho de Michael Schumacher, Mick Schumacher, será piloto da equipe Haas de Fórmula 1 em 2021 Foto: Divulgação/Bahrain International Circuit

Ouvir notícia

O nome Schumacher voltará à Fórmula 1 a partir de 2021 com Mick, filho do heptacampeão mundial Michael, anunciado nesta quarta-feira (2) como piloto da equipe norte-americana Haas.

O alemão de 21 anos, que assinou um contrato de vários anos, lidera o campeonato de Fórmula 2 neste ano com 14 pontos de vantagem e duas corridas ainda pela frente..

“A perspectiva de estar no grid de Fórmula 1 no próximo ano me deixa incrivelmente feliz e estou simplesmente sem palavras”, disse Mick. “Sempre acreditei que realizaria meu sonho de chegar à Fórmula 1.”

Mick, membro da academia de jovens pilotos da Ferrari, fará parte da renovação da equipe Hass, que terá ainda o russo Nikita Mazepin, cuja contratação foi anunciada na terça-feira (1º) como piloto.

Assista e leia também:
F1: Britânico George Russell substituirá Lewis Hamilton no GP do Sakhir
Hamilton está fora do GP do Sakhir de F1 depois de teste positivo para Covid-19
‘Não sou nenhum herói’, diz médico da F1 que ajudou a resgatar Grosjean
F1: Hamilton conquista sétimo título e iguala marca de Schumacher

A dupla substituirá o francês Romain Grosjean, atualmente se recuperando de um acidente grave no Grande Prêmio do Bahrain no domingo (29), e o dinamarquês Kevin Magnussen.

E Mick poderá experimentar seu novo carro já na próxima semana, com Haas o colocando no primeiro treino de sexta-feira no Grande Prêmio de Abu Dhabi, que encerra a temporada.

Ele também participará de um teste para jovens pilotos no circuito de Yas Marina, em 15 de dezembro.

“O campeonato de Fórmula 2 há muito serve como um campo de provas para o talento mostrar suas credenciais e o deste ano tem sido, sem dúvida, um dos mais competitivos das últimas temporadas”, disse o diretor da Haas, Guenther Steiner.

“Acredito firmemente que ele ganhou a oportunidade na Fórmula 1 com base em seu desempenho.”

Seu pai, Michael Schumacher, se aposentou em 2012, após um retorno de três temporadas com a Mercedes.

O grande ídolo da Ferrari não é visto em público desde que sofreu graves ferimentos na cabeça em um acidente com esqui nos Alpes franceses em 2013.

Tópicos

Mais Recentes da CNN