Fittipaldi e Pourchaire são levados ao hospital após acidente na largada da F2

Colisão trouxe bandeira vermelha no autódromo ainda na primeira volta

Abhishek Takleda Reuters

São Paulo

Ouvir notícia

Os pilotos da Fórmula 2 Theo Pourchaire e Enzo Fittipaldi foram levados de helicóptero para um hospital na cidade de Jeddah –  cidade onde ocorria o campeonato -, neste domingo (5), após um acidente na linha de largada do circuito da Arábia Saudita da principal categoria de automobilismo preparatória para a Fórmula 1.

Os dois estavam conscientes e foram retirados de seus carros por equipes médicas, disse a FIA, entidade máxima da categoria, em comunicado.

“Os pilotos foram atendidos imediatamente por equipes médicas e de emergência. Ambos foram transferidos de ambulância e helicóptero para o Hospital das Forças Armadas King Fahad, em Jeddah”, acrescentou o comunicado.

A colisão entre o francês Pourchaire, que corre pela ART, e Fittipaldi, que é neto do brasileiro bicampeão mundial de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi e corre pela equipe da Charouz, trouxe bandeira vermelha no autódromo ainda na primeira volta.

A corrida começou com uma volta de reapresentação, mas foi suspensa pouco depois, após um breve período de safety car, devido a outro acidente envolvendo o britânico Olli Caldwell e o brasileiro Guilherme Samaia. Ambos os motoristas saíram ilesos.

Mais Recentes da CNN