Morre aos 88 anos Francisco “Paco” Gento, ídolo histórico do Real Madrid

Ponta-esquerda era presidente honorário e um dos maiores vencedores da história do clube merengue

Francisco "Paco" Gento recebe o Prêmio Nacional de Esportes, em 3 de março de 2014 em Santander, Espanha.
Francisco "Paco" Gento recebe o Prêmio Nacional de Esportes, em 3 de março de 2014 em Santander, Espanha. Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

Gerardo Lemosda CNN

Ouvir notícia

Francisco “Paco” Gento, presidente honorário e ex-jogador do Real Madrid, morreu nesta terça-feira (18), aos 88 anos.

“O Real Madrid quer expressar suas condolências e seu amor e carinho à esposa Mari Luz, seus filhos Francisco e Julio, suas netas Aitana e Candela e todos os seus parentes, colegas e entes queridos”, disse o clube em comunicado.

Paco Gento jogou pelo Real Madrid por 18 temporadas, de 1953 a 1971.

Sua trajetória o certifica como um dos maiores jogadores da história do time merengue.

Gento é o único jogador na história do futebol a ter conquistado seis Copas da Europa (equivalente à atual Champions League), todas com o Real Madrid.

O ponta-esquerda fez parte de um dos mais históricos trios ofensivos do futebol mundial ao lado de Ferenc Puskás e da “Flecha Loira”, Alfredo Di Stefano.

FRANCISCO PACO GENTO REAL MADRID
O jogador de futebol húngaro Ferenc Puskas e o jogador de futebol espanhol Francisco Gento durante treino no estádio “Santiago Bernabeu”, Madrid, Espanha, 1971. / Getty Images

Natural de Guarnizo, ganhou 12 Ligas, 2 Taças de Espanha, 1 Taça Intercontinental, 1 Mundial Pequeno e 2 Taças Latinas com a equipa madrilena.

No Real Madrid, Paco Gento disputou 600 jogos e marcou 182 gols. Além disso, ele foi convocado para a seleção da Espanha em 43 ocasiões.

Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

versão original

Mais Recentes da CNN