Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG sonha alto em ‘jogo da vida’ do Bahia no Brasileiro

    Galo ainda tem remota chance de conquistar o título, enquanto Tricolor tenta seguir na Série A

    Hulk comemora gol decisivo na vitória do Atlético-MG sobre o São Paulo
    Hulk comemora gol decisivo na vitória do Atlético-MG sobre o São Paulo Pedro Souza / Atlético-MG

    Túlio Kaizer, Daniel Leal, Henrique Andréda Itatiaia

    Chegou o dia final do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (6), a partir das 21h30 (horário de Brasília), o Atlético-MG tenta o último suspiro pelo título diante de um Bahia desesperado para se livrar do rebaixamento para a Série B. O confronto entre as equipes será realizado na Arena Fonte Nova, em Salvador.

    O Atlético-MG é o vice-líder do Campeonato Brasileiro, com 66 pontos, três a menos que o líder Palmeiras. O Galo precisa torcer para o arquirrival Cruzeiro vencer o Palmeiras para ainda ter chance de levantar a taça.

    Mas não basta apenas o resultado negativo do time paulista. O Galo precisa tirar uma diferença de nove gols de saldo para o líder do Campeonato Brasileiro, uma tarefa quase impossível para apenas uma partida. O Palmeiras tem oito gols de saldo a mais, além de ter balançado as redes mais vezes que o Alvinegro.

    O Atlético-MG, no entanto, ainda sonha com o título. Campeão do returno, o Galo deu arrancada espetacular na segunda metade da competição e conquistou 72,2% dos pontos disputados.

    O vice-campeonato também terá grande valor para o Atlético-MG. Caso termine a competição em 2°, o Alvinegro vai garantir R$ 45,4 milhões em premiação.

    O Bahia, por sua vez, luta pela permanência. Segundo a Universidade Federal de Minas Gerais, o time chega nesta última rodada do Brasileirão com 68,9% de chances de rebaixamento para a Segunda Divisão. A equipe tricolor soma 41 pontos, na 17ª posição, na zona de rebaixamento. Para não ser rebaixado, o Esquadrão conta com dois cenários possíveis.

    O primeiro é vencer o Galo e torcer para que Santos ou Vasco tropecem diante de Fortaleza e Red Bull Bragantino, respectivamente;

    No segundo, em caso de empate com o Galo, o Esquadrão precisa torcer pela derrota do Vasco para escapar.

    Para enfrentar o Atlético-MG, o técnico Rogério Ceni conta com a volta de Yago Felipe, que cumpriu suspensão diante do América-MG.

    Atlético-MG

    Para o confronto na Arena Fonte Nova, mesmo local do título do Brasileiro de 2021, Scolari não poderá repetir a escalação da partida do último sábado (2), quando venceu o São Paulo por 2 a 1, no Mineirão. O jogo marcou a despedida do zagueiro Réver em BH.

    Após cumprir suspensão contra o Tricolor, Jemerson está de volta e vira opção para o técnico gaúcho. Ele deve ser acionado para iniciar entre os onze. Já o goleiro Matheus Mendes, reserva de Everson, ficará de fora por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

    A grande novidade na lista é o retorno do atacante Vargas. Sem jogar desde 20 de agosto, na derrota por 1 a 0 para o Vasco, o chileno estará em Salvador com o time. Ele se recuperou de lesão importante no joelho.

    O meia Matías Zaracho, com uma pequena lesão posterior na coxa direita, o zagueiro Mauricio Lemos, com lesão no músculo adutor da coxa direita, e o lateral Saravia, com uma lesão no posterior da coxa direita, não viajam a Salvador.

    O zagueiro Bruno Fuchs e o volante Rodrigo Battaglia seguem em tratamento na fisioterapia.

    Onde assistir

    • TV: Globo (TV aberta), Premiere (TV por assinatura)
    • Streaming: Globoplay

    Bahia x Atlético-MG

    Bahia

    Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Luciano Juba; Rezende, Acevedo, Yago Felipe (Everaldo), Thaciano e Cauly; Biel. Técnico: Rogério Ceni.

    Atlético-MG

    Everson, Mariano, Rabello, Jemerson e Arana; Otávio, Edenilson, Igor Gomes e Pavon (Rubens); Paulinho e Hulk. Técnico: Felipão.

    Motivo: 38ª rodada do Campeonato Brasileiro

    Data e horário: quarta-feira, 6 de dezembro, às 21h30 (horário de Brasília)

    Estádio: Fonte Nova, em Salvador

    Árbitro: Ramon Abatti Abel (FIFA/SC)

    Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (FIFA/CE) e Thiaggo Americano Labes (SC)

    VAR: Wagner Reway (VAR-FIFA/PB)

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original