Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Benjamin Mendy é absolvido de acusações de estupro na Inglaterra

    Lateral-esquerdo francês teve seu contrato rescindido com o Manchester City durante o processo

    Benjamin Mendy teve seu contrato com o City rescindido ao longo do processo
    Benjamin Mendy teve seu contrato com o City rescindido ao longo do processo Visionhaus/Getty Images

    Leonardo Parrelada Itatiaia

    O lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy foi absolvido das nove acusações de estupro que enfrentava na Inglaterra. O veredito saiu nesta sexta-feira (14) após longo julgamento.

    É a segunda vitória de Mendy nos tribunais. Em janeiro, ele havia sido inocentado de seis casos. A nova absolvição envolvia duas acusações que ficaram abertas após o júri popular não chegar a uma decisão.

    Na saída do tribunal, em rápido pronunciamento à imprensa, a advogada do jogador informou que o foco agora é na reconstrução de sua carreira. Em meio ao processo de defesa, Mendy teve seu contrato de trabalho rescindido com o Manchester City-ING.

    As acusações são de casos denunciados entre 2020 e 2021 — período da pandemia da Covid-19. O jogador realizou festas em sua casa onde supostamente os crimes teriam acontecido.

    Campeão mundial com a seleção francesa em 2018, Mendy foi preso no fim de agosto de 2021 e passou mais de quatro meses em prisão preventiva. Ele deixou a prisão no início de janeiro de 2022, quando foi colocado em liberdade condicional para aguardar a decisão de seu julgamento.

    O lateral-esquerdo chegou a ser o defensor mais caro da história do futebol em 2017, quando ele se transferiu do Monaco-FRA para o Manchester City por US$ 63,2 milhões (cerca de R$ 212 milhões à época).

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original