Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Bola de Ouro: Uefa fará parte da organização do prêmio a partir de 2024

    Grupo proprietário da revista France Football continuará supervisionando o sistema de votação

    Lionel Messi conquistou sua oitava Bola de Ouro
    Lionel Messi conquistou sua oitava Bola de Ouro Reprodução/Twitter @ballondor

    Rohith Nairda Reuters

    A Uefa fez uma parceria com o Groupe Amaury para co-organizar o prestigioso prêmio Bola de Ouro a partir de 2024, informou o órgão regulador do futebol europeu nesta sexta-feira (3).

    O Groupe Amaury, proprietário dos veículos France Football e L’Équipe, continuará sendo o proprietário da marca Bola de Ouro e supervisionando o sistema de votação para que ele permaneça independente.

    A Uefa disse que organizará a cerimônia anual e comercializará seus direitos comerciais globais, acrescentando dois novos prêmios: melhor técnico de futebol masculino e de futebol feminino do ano.

    “Por quase 70 anos, a Bola de Ouro tem sido o prêmio individual de maior prestígio no mundo do futebol e é um testamento da extraordinária habilidade, dedicação e impacto das lendas do jogo e sua marca duradoura na história do esporte”, disse o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin.

    “As competições de clubes e seleções nacionais da Uefa são consideradas os maiores palcos globais para jogadores de elite, muitas vezes desempenhando um papel fundamental na candidatura de um jogador a grandes honras e seu lugar no panteão do futebol.”

    “A Uefa e a Bola de Ouro são sinônimos de excelência esportiva, portanto, nossa parceria será uma mistura natural de proeminência e uma sinergia que promete ser nada menos que excepcional.”

    A Fifa fez parceria com a Bola de Ouro entre 2010 e 2015, antes que o órgão dirigente do futebol mundial criasse os prêmios “The Best”, que são apresentados todos os anos desde 2016.

    O craque argentino Lionel Messi conquistou sua oitava Bola de Ouro na última segunda-feira (30), enquanto a campeã mundial pela Espanha e meia do Barcelona Aitana Bonmatí levou o prêmio feminino.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas