Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Fluminense x Boca: final da Libertadores terá os presidentes da Fifa e da Uefa

    Gianni Infantino e Aleksander Ceferin foram convidados pela Conmebol e estarão no Maracanã

    Gianni Infantino e Aleksander Ceferin estarão no Maracanã para a final da Libertadores
    Gianni Infantino e Aleksander Ceferin estarão no Maracanã para a final da Libertadores Gualter Fatia - UEFA/UEFA via Getty Images

    Marcel Rizzoda Itatiaia

    A alta cúpula do futebol mundial estará no Maracanã para a final da Copa Libertadores entre Fluminense e Boca Juniors, no sábado (4). Os presidentes da Fifa, o suíço Gianni Infantino, e da Uefa, o esloveno Aleksander Ceferin, foram convidados pela direção da Conmebol e acompanharão a decisão in loco.

    Eles já estarão no Brasil nesta sexta-feira (3), onde participarão do Congresso extraordinário da confederação sul-americana, que será na sede da CBF, no Rio. O evento oficializará o presidente da confederação brasileira, Ednaldo Rodrigues, como membro permanente do Conselho da federação internacional.

    Também estarão no Maracanã os nove presidentes das federações nacionais filiadas à Conmebol, além do próprio Ednaldo Rodrigues. Após o Congresso desta sexta ocorrerá uma reunião do Conselho da Conmebol, com as presenças de Infantino e Ceferin.

    Recentemente, a Fifa anunciou que a única candidatura analisada para a Copa do Mundo de 2030 será a conjunta entre Portugal, Espanha e Marrocos. Mas a América do Sul, que pleiteava ser sede, receberá os três primeiros jogos da competição, com um no Uruguai, outro na Argentina e um terceiro no Paraguai, para festejar os 100 anos da Copa. A primeira edição foi em 1930, no Uruguai.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original