Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Convocado por Diniz, Neymar pode passar Pelé como maior artilheiro da Seleção

    Pelos cálculos de jogos oficiais da Fifa, dupla está empatada com 77 gols

    Neymar, atacante da Seleção Brasileira
    Neymar, atacante da Seleção Brasileira Lucas Figueiredo/CBF

    Luccas Oliveirada CNN

    Fernando Diniz provou confiar em Neymar ao incluí-lo em sua primeira convocação na Seleção Brasileira, mesmo com o longo tempo de inatividade e a decisão de trocar o futebol europeu pela liga da Arábia Saudita.

    Assim, Neymar tem tudo para se tornar o maior artilheiro da história da Seleção Brasileira, superando o Rei Pelé (1940-2022).

    Pelo menos, de acordo com a contagem de jogos oficiais da Fifa. Para a entidade máxima do futebol, Pelé e Neymar estão, atualmente, empatados com 77 gols cada. Nas contas da CBF, porém, Pelé tem 95 gols pelo Brasil.

    A diferença está no fato de que a Fifa não considera amistosos contra clubes e combinados, apenas partidas que envolvem outras seleções nacionais.

    Neymar não atua em jogos oficiais há seis meses

    O primeiro jogo que Neymar terá para ultrapassar Pelé será contra a Bolívia, na estreia das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, em Belém, em 8 de setembro. Quatro dias depois, a Seleção joga contra o Peru, em Lima.

    Ele não atua em jogos oficiais desde fevereiro, quando sofreu grave lesão pelo PSG. Há a expectativa de que Neymar estreie pelo Al-Hilal neste sábado (18), às 15h, contra o Al-Feiha, pela segunda rodada da Liga Saudita.

    Números de Pelé e Neymar pela Seleção, segundo a Fifa

    • Pelé: 91 jogos e 77 gols
    • Neymar: 124 jogos e 77 gols

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas