Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Craque Neto reage a assalto em São Paulo: “Corri atrás dos ladrões”

    O apresentador e o produtor Renato Nalesso foram assaltados em São Paulo, nesta quarta-feira (5)

    Neto, ex-jogador e apresentador de TV.
    Neto, ex-jogador e apresentador de TV. Reprodução / Instagram

    Sofia Gontijoda Itatiaia

    Nesta quarta-feira (5), Neto, apresentador da Band, e o produtor Renato Nalesso, conhecido como Kaskão, foram assaltados nas ruas de São Paulo, próximo ao Grupo Bandeirantes.

    O pique que eu dei nenhum jogador do Corinthians deu.

    Craque Neto

    Dois homens atacaram o carro em que Neto e Kaskão estavam. Um deles quebrou a janela do lado do passageiro, ocupado por Neto, e roubou o celular do produtor. O apresentador tentou segurar o braço do assaltante, mas ele conseguiu se soltar.

    Após o assalto, os homens fugiram, mas Neto e Kaskão tentaram alcançá-los. As imagens exibidas pela Band mostram que os assaltantes fugiram em um carro que estava estacionado na rua paralela ao crime.

    Na transmissão de América e Corinthians, pela Copa do Brasil, exibida nesta quarta (5), no canal Craque Neto 10, o apresentador comentou a situação e aproveitou para ironizar a derrota sofrida pelo Timão por 1 a 0.

    “Para aqueles que ficaram preocupados comigo, eu e o Kaskão fomos assaltados hoje. Machuquei assim: cortei a mão, cortei a perna porque eu corri atrás do ladrão. O pique que eu dei nenhum jogador do Corinthians deu. Não consegui pegar ele porque ele era mais rápido que eu. Aí o Corinthians perde. Meu dia foi bom. Se ele tem o direito de me roubar, quebrar o carro do Kaskão, por que eu não tenho o direito de dar um pisão nos dentes dele?”, disse Neto.