Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Cruzeiro domina líder Botafogo, mas para em Lucas Perri e empata pelo Brasileiro

    No jogo das melhores defesas do campeonato, equipes ficaram no 0 a 0, no Mineirão, em BH, pela 18ª rodada

    Cruzeiro e Botafogo fizeram jogo movimentado no Mineirão
    Cruzeiro e Botafogo fizeram jogo movimentado no Mineirão Staff Images / Cruzeiro

    Guilherme PiuLeonardo Gimenezda Itatiaia

    O Cruzeiro fez uma grande partida, dominou o Botafogo, marcou bem, mas parou em Lucas Perri e ficou no empate por 0 a 0 com o líder do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, em Belo Horizonte, na 18ª rodada da competição. Nos acréscimos, o goleiro do time carioca dez duas defesaças para impedir a vitória celeste.

    A equipe cruzeirense teve como destaques o volante Lucas Silva, o meia-atacante Matheus Pereira e o atacante Arthur Gomes.

    Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 24 pontos em 18 jogos, caindo para a 11ª colocação. O Botafogo segue na liderança com 44 pontos, 13 de diferença para o Flamengo, vice-líder, que tem um jogo a menos.

    Primeiro tempo

    O Cruzeiro dominou o primeiro tempo, teve mais posse de bola e acuou o Botafogo no campo defensivo. O time celeste não mostrou precipitação nas jogadas na etapa inicial, não teve erros capitais, e, dessa forma, evitou dar ao adversário o que ele mais espera: uma chance.

    Com isso, foram três finalizações do Cruzeiro no primeiro tempo e nenhuma do Botafogo. O goleiro Anderson foi mero espectador do jogo.

    O substituto de Rafael Cabral chamou a atenção quando caiu em campo, sozinho, aos 26 minutos. Depois de receber atendimento médico, o jogo recomeçou.

    Artilheiro do Botafogo machucado

    Artilheiro do Botafogo e do Campeonato Brasileiro com 13 gols, Tiquinho Soares se lesionou aos 43 minutos e foi substituído por Lucas Fernandes.

    Segundo nota do Botafogo, “Tiquinho Soares sofreu uma entorse no joelho esquerdo e será reavaliado com exames. O atleta iniciou tratamento já no vestiário do Mineirão”.

    Segundo tempo

    O Cruzeiro começou a etapa número dois com a mesma intensidade que havia terminado o primeiro tempo.

    A história da etapa dois se repetiu até os 25 minutos, quando o Cruzeiro mudou bastante com as substituições e acabou perdendo fôlego.

    O time celeste diminuiu o ritmo, mas seguiu em cima do Botafogo. O setor defensivo celeste é que precisou ficar mais atento, já que os cariocas ganharam mais espaço com as brechas dadas pelo Cruzeiro.

    No fim das contas, principalmente com ótima atuação do goleiro Lucas Perri, o 0 a 0 ficou como o placar do jogo.

    Novo bandeirão

    A torcida do Cruzeiro estreou um novo bandeirão no duelo deste domingo. No setor amarelo superior do Mineirão, uma bandeira gigante subiu mostrando a frase: “somos Cruzeiro”.

    A iniciativa foi da Máfia Azul, a maior organizada do clube.

    Estreia como titular

    Grande contratação do Cruzeiro na janela de transferências, o meia-atacante Matheus Pereira fez sua primeira partida como titular. O camisa 96 havia jogado apenas 13 minutos em sua estreia pelo clube, na rodada passada, nos 3 a 3 com o Athletico-PR.

    Cruzeiro de “técnico novo”

    Como Pepa estava suspenso, já que foi expulso contra o Athletico-PR, o auxiliar Samuel Correia foi o responsável por comandar o Cruzeiro no duelo com o Botafogo.

    Samuel Correia tem de 42 anos e trabalha com Pepa desde 2019. No clube celeste, o profissional é responsável pela criação de jogadas e pelo monitoramento de bolas paradas da equipe.

    A dupla já trabalhou no futebol português ao vestir as camisas do Paços de Ferreira e do Vitória de Guimarães. Na sequência, eles estiveram juntos no Al-Tai, da Arábia Saudita.

    Cruzeiro 0 x 0 Botafogo

    Cruzeiro: Anderson; William (Palacios), Neris, Luciano Castán e Marlon; Matheus Jussa, Filipe Machado (Mateus Vital), Lucas Silva e Matheus Pereira (Nikão); Arthur Gomes (Paulo Vitor) e Gilberto (Papagaio). Técnico: Samuel Correia.

    Botafogo: Lucas Perri; Di Plácido, Adryelson, Cuesta e Marçal; Marlon Freitas, Tchê Tchê (Janderson) e Eduardo; Júnior Santos (Segovia), Victor Sá (Carlos Alberto) e Tiquinho Soares (Lucas Fernandes). Técnico: Bruno Lage.

    Cartões amarelos: Luciano Castán (Cruzeiro); Marçal, Tiquinho Soares (Botafogo).

    Motivo: 18ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

    Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

    Data e horário: 6 de agosto de 2023 (domingo), às 18h30 (de Brasília).

    Público: 44.759 pessoas.

    Renda: R$ 2.368.777,50.

    Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP).

    Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).

    VAR: Rafael Traci (Fifa-SC).

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original