Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Donuts e 9 pães: veja dieta de Ramon Dino no dia do Mr. Olympia 2023

    Atleta é um dos principais nomes do fisiculturismo do Brasil e do mundo

    Ramon Dino no mr. Olympia 2023
    Ramon Dino no mr. Olympia 2023 Reprodução/Instagram Mr. Olympia

    Beatriz Consolin

    O brasileiro Ramon Dino foi 2º colocado do Mr. Olympia 2023, principal torneio de fisiculturismo do mundo, na categoria Classic Physique, atrás apenas do canadense Chris Bumstead.

    O atleta de 28 anos de idade nascido no Acre é um dos principais nomes do fisiculturismo brasileiro e mundial. No ano passado, o top 2 do torneio, que existe desde 1965, havia sido o mesmo da atual edição.

    A dieta de preparação de Ramon consistiu em ovos, pão de forma e geleia sem açúcar pela manhã e refeições à base de arroz e salmão ou filé mignon. Apenas as quantidades mudavam, de acordo com a estratégia ou proximidade do campeonato.

    Houve um período em que a quantidade ingerida de carboidratos era bastante baixa. Depois da pesagem, o acreano iniciou o chamado “carb up”, quando o atleta volta a comer carboidratos em altas quantidades para aumentar a musculatura.

    A última semana foi a mais puxada, a dieta ia variando a cada dia, de acordo com o físico de Ramon, acompanhado diariamente por Cris Rosseto, o treinador do fisiculturista. O período de “carb up” durou dois dias e foi à base de ovos, pão, arroz, salmão, filé mignon e donuts.

    Toda a dieta foi minuciosamente calculada por Cris, que esteve com Ramon durante a preparação e também no backstage do torneio, analisando o físico e as poses a cada refeição para saber quais seriam os próximos passos.

    Dieta de Ramon Dino no dia do Mr. Olympia

    • 1ª refeição: 3 ovos e 9 fatias de pão
    • 2ª refeição: 250g de salmão, 275g de arroz e 1 donuts
    • 3ª refeição: 250g de salmão, 275g de arroz e 1 donuts
    • 4ª refeição (no backstage pouco antes de subir ao palco): 7 donuts e 1 cookies

    A rotina de treinos também era intensa e contava com treinos de musculação e exercícios cardiovasculares. Ramon revelou que a maior dificuldade é perder peso, enquanto tem mais facilidade para ganhar, e não esconde que gosta de comer doces de vez em quando.

    ” O coach (treinador) às vezes libera uma refeição livre, uma pizza, um hambúrguer, um bolo, até para o cara não pirar na dieta, mas não há uma frequência exata, varia, ele que muda. Comentam que o Ramon pode comer besteira e não perde o shape (forma física), não é assim. É tudo controladinho, se eu comer muito doce, claro que não vou conseguir manter. A dieta ajuda, mas tenho que fazer as dietas e os treinos. Se dependesse  da genética, eu sentaria no sofá e esperaria o Olympia chegar”, explicou. 

    Rotina de treinos de Ramon Dino

    • Horas de sono: pelo menos 8/9h 
    • Frequência de treino: 6 ou 5 vezes por semana, até 2h de treino 
    • Exercícios cardiovasculares: 1 vez por dia (1 hora) ou 2 vezes por dia (30 minutos cada), em período de preparação para campeonato

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas