Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    O que são e-sports e por que estão cada vez mais populares?

    Esportes eletrônicos cresceram nos últimos anos e contam com equipes profissionais, competições mundiais e público fiel

    O que são e-sports
    O que são e-sports Imagem: Pexels/Artem Podrez

    Da CNN

    Os números do e-sports no Brasil comprovam a popularidade da categoria: três a cada quatro brasileiros jogam games – o equivalente a 74,5% da população.

    Esses dados são da Pesquisa Game Brasil, uma parceria entre Sioux Group, Go Gamers, Blend New Research e ESPM, que revela o potencial do mercado de jogos eletrônicos.

    A popularização não se restringe ao Brasil, ultrapassando fronteiras e ganhando espaço como fonte de renda para jogadores ao redor do mundo.

    Com torneios oficiais, equipes treinadas e um público fiel, o conceito tem se expandido e é um dos principais mercados em crescimento nos últimos anos.

    Entenda o conceito e saiba como funcionam as competições de esportes eletrônicos ao redor do mundo.

    O que são e-sports?

    E-sports é um termo que vem do inglês eletronic sports, ou esportes eletrônicos, utilizado para definir a modalidade competitiva de jogos virtuais.

    Nesses eventos, jogadores profissionais ou amadores se enfrentam em torneios oficiais de gêneros variados de games, desde esportes virtuais até jogos de estratégia em tempo real.

    Os jogos podem ser disputados individualmente ou em equipe e as principais competições normalmente contam com transmissão ao vivo.

    Qual a origem dos e-sports?

    Origem dos e-sports
    Origem dos e-sports / Imagem: Shuterstock/Parilov

    Apesar de ter ganhado mais popularidade nos últimos anos, a origem das competições de jogos eletrônicos têm raízes há mais de 50 anos, em outubro de 1972.

    Essa data marca a primeira disputa oficial de games, as Olimpíadas Intergalácticas de Spacewar.

    O evento aconteceu na Universidade de Stanford com o jogo Spacewar e teve como prêmio um ano de assinatura da revista Rolling Stones.

    Segundo artigo publicado na Revista Interdisciplinar Sulear, da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), foi apenas em 1980 que os games começaram a ter caráter competitivo, especialmente nos ambientes dos fliperamas.

    Nos anos 90, a acessibilidade à internet impulsionou o cenário dos esportes eletrônicos com a popularização de games para computadores, como Counter-Strike e Warcraft.

    Esses passos foram importantes na história do e-sport, mas foi nos anos 2000 que a categoria ganhou reconhecimento global, com as primeiras organizações internacionais surgindo.

    Em 2011, aconteceu o lançamento do Twitch, streaming especializado em games que tornou a transmissão dos torneios de jogos virtuais mais acessível.

    Desde então, o mercado de games segue em crescimento e a tendência é que ele se mantenha aquecido nos próximos anos.

    A expectativa é de que a receita total passe de US$227 bilhões em 2023 para US$312 bilhões em 2027, segundo dados da consultoria PwC.

    E-sports no Brasil: por que está cada vez mais popular?

    Alguns acontecimentos ao longo dos anos, como a acessibilidade a internet, o investimento no mercado de games brasileiros e a presença de eventos internacionais no país influenciaram a popularização do e-sports entre os brasileiros.

    O país é o quinto maior mercado de games do mundo, de acordo com a Newzoo, empresa global especializada em dados de jogos eletrônicos.

    Nos últimos anos, a pandemia de Covid-19 também contribuiu para essa expansão de mercado, ampliando o número de gamers no Brasil.

    A facilidade para acessar games e streamings da área a qualquer momento, em qualquer lugar e em diferentes dispositivos pode ser um dos motivos para esse crescimento.

    Além disso, há uma identificação do público com os competidores profissionais, que jogam games conhecidos pelos players amadores.

    Com o isolamento social, as competições não podiam acontecer, mas o mercado ganhou novos jogadores e espectadores das transmissões online, que podiam acessar tudo sem sair de casa.

    Os dados da Pesquisa Game Brasil, apresentada anteriormente, comprovam essa popularização: 72,2% dos gamers brasileiros começaram a jogar mais durante o período da pandemia.

    Hoje, mais da metade do público gamer brasileiro é feminino (51,5%), conforme revela pesquisa realizada pelo Game Brasil e divulgada pela CNN.

    Além dos jogadores, as empresas exercem papel essencial para movimentar o mercado com investimentos e inovações. Um exemplo disso é a compra da Activision Blizzard pela Microsoft por US$68,7 bilhões em 2022.

    Jogos como Call of Duty, Diablo e Overwatch fazem parte do portfólio da Activision Blizzard, que é um dos maiores estúdios de games do mundo atualmente.

    Um dos principais objetivos da aquisição é ampliar o campo de atuação da Microsoft em games para dispositivos mobile, investimento que mostra o interesse de grandes empresas no mercado de jogos eletrônicos.

    Como funcionam as competições de e-sports?

    Competições de e-sports
    Competições de e-sports / Imagem: Shutterstock/Gorodenkoff

    As competições de e-sports podem variar de acordo com o torneio ou o jogo disputado, mas apresentam características em comum na sua estrutura.

    Nesse contexto, alguns elementos chave nos torneios incluem:

    • jogadores: os gamers podem competir de forma individual ou como parte de uma equipe profissional;
    • organizações: esses jogadores podem fazer parte de uma organização, responsável por gerenciar e representar suas equipes nos torneios;
    • ligas das modalidades: as ligas são responsáveis por organizar, promover e criar regras para as competições de jogos eletrônicos. Normalmente, cada liga cuida de uma modalidade específica de games.

    A partir dessa base, junto às empresas desenvolvedoras de games, os torneios oficiais são estruturados. Essas competições podem adotar diferentes formatos, como de eliminatórias simples, disputas em grupo ou em ligas.

    Nesses eventos, cada partida costuma ser transmitida online em tempo real e os vencedores podem ganhar prêmios em dinheiro.

    Quais os principais e-sports?

    O universo dos games é vasto, mas algumas modalidades se destacam dentro dos torneios de esportes eletrônicos. As principais categorias de acordo com a Confederação Brasileira de Games e Esports (CBGE) são:

    • jogos de esportes;
    • jogos de battle royale;
    • jogos de luta ou fighting games;
    • jogos de FPS (First Person Shooters, ou Atiradores em Primeira Pessoa);
    • jogos de estratégia, também chamados de MOBA (Multiplayer Online Battle Arena, ou Arena de Batalha Multiplayer Online).

    Dentro dessas categorias, alguns títulos se mostram mais populares nas competições. Conheça os principais e-sports games a seguir.

    League of Legends

    League of Legends é um jogo da categoria MOBA desenvolvido pela Riot Games, em que dois times com cinco jogadores cada disputam um único objetivo: destruir a base do oponente.

    Para isso, as equipes desenvolvem estratégias para proteger a sua própria base, dominar o campo de batalha e alcançar a base adversária.

    O game conta com um dos maiores torneios brasileiros de esportes eletrônicos, o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL). Em 2023, o 2º Split da competição superou a audiência da LCS, liga norte-americana de League of Legends.

    Segundo o Esports Charts, banco de dados especializado em esportes eletrônicos, o pico de audiência ultrapassou os 329 mil espectadores.

    Counter-Strike

    Jogo de FPS, Counter-Strike está entre os clássicos das competições de esportes eletrônicos e conta com um dos principais representantes da categoria: o Counter-Strike: Global Offensive, ou CS:GO, desenvolvido pela Valve.

    O game é responsável por um amplo calendário de torneios internacionais entre os jogos de FPS, como o CS:GO Major.

    Em 2022, o Brasil recebeu a primeira competição mundial de CS:GO, intitulada Intel Extreme Masters Rio 2022 (IEM Rio 2022). A disputa aconteceu entre outubro e novembro, no Rio de Janeiro.

    FIFA

    FIFA, produzido pela EA Sports, faz parte dos jogos de esporte e leva o futebol para o universo dos games, simulando uma partida com atletas dos times reais.

    O FIFAe Nations Cup é o principal campeonato do game, com várias etapas que classificam os competidores para a disputa. Em 2022, o Brasil foi campeão contra a Polônia na final da FIFAe Nations Cup 2022.

    Em 2023, a competição aconteceu na Arabia Saudita e consagrou o Brasil como bicampeão, em disputa contra a Holanda na final.

    Fortnite

    Principais e-sports
    Principais e-sports / Competições de e-sports

    Desenvolvido pela Epic Games, o Fortnite é um jogo de battle royale, com competições realizadas pela própria produtora.

    O principal objetivo do game é ser o último jogador sobrevivente no mapa da arena. Para isso, os players se movimentam em busca de armas, equipamentos e recursos que possam ajudar a eliminar os outros usuários.

    A Fortnite Champion Series (FNCS) é uma das maiores competições do game. Em 2023, o torneio teve premiação de US$31 mil para o primeiro lugar.

    Como se tornar um jogador de e-sports?

    Ser um jogador de esportes eletrônicos exige disciplina, habilidade e dedicação, assim como muito treinamento.

    No Brasil, existe a CBGE, entidade sem fins lucrativos responsável por representar o país oficialmente junto a Global Esports Federation.

    O cadastro brasileiro de ciberatletas oferecido pela entidade é um dos caminhos para tornar-se um profissional dos esportes eletrônicos e fazer parte de uma das organizações da categoria.

    Alguns passos práticos podem ajudar nesse processo, como:

    • especializar-se em um game;
    • contar com equipamentos de qualidade;
    • participar de campeonatos locais e divulgar seu trabalho;
    • entrar em contato com equipes para participar de testes e avaliações.

    Além disso, os jogadores devem manter-se atualizados e seguir uma rotina de treinamento, assim como acontece em qualquer outro tipo de esporte.

    Como é o treinamento dos atletas e-sports?

    Os pro players, como são chamados os jogadores profissionais de esportes eletrônicos, passam por um preparo físico e mental para participar das competições de games. Por isso, as organizações desenvolvem uma rotina de treinamento personalizada para as equipes.

    Esses treinamentos normalmente acontecem nas gaming houses, centros desenvolvidos especialmente para essa finalidade, e podem seguir uma rotina de oito a 12 horas diárias.

    Os centros oferecem toda a infraestrutura necessária para aprimorar as habilidades da equipe – assim como os utilizados pelos jogadores de futebol, por exemplo – como equipamentos de qualidade, acompanhamento nutricional e psicológico.

    Além disso, os atletas contam com fisioterapeutas, massagistas e preparados físicos para evitar lesões causadas pelos movimentos repetitivos ou pelo longo tempo sentado durante uma partida.

    Acompanhe as principais notícias de esportes na CNN

    Tópicos

    Tópicos