Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Entenda por que o Fluminense não quer vender John Kennedy

    Lyon, da França, fez uma oferta de R$ 60 milhões pelo atacante tricolor

    John Kennedy recebeu proposta do Lyon
    John Kennedy recebeu proposta do Lyon Lucas Merçon/Fluminense

    Guilherme Abrahãoda Itatiaia

    Procurado pelo Lyon, o Fluminense não aceitou a oferta dos franceses pelo atacante John Kennedy, que girava em torno de R$ 60 milhões. Na visão do Tricolor, ainda não é a hora de negociar o seu camisa 9.

    O Fluminense e os agentes de Kennedy entendem que o jogador ainda pode evoluir jogando no clube. Além disso, uma ida para a França agora não está nos planos do atacante e de seu estafe, que sonham com voos mais altos. O Zenit chegou a perguntar sobre o atleta, mas não oficializou oferta.

    No caso do Lyon, clube que é do norte-americano John Textor, também dono da SAF do Botafogo, a proposta ainda envolvia uma cláusula de não negociar com o arquirrival. Mesmo assim, o Fluminense não quis abrir conversas pelo jogador.

    Mais uma temporada no Fluminense

    Tanto a comissão técnica quanto a direção entendem que John Kennedy deve fazer mais uma temporada em alto nível. Além disso, a chance de o atacante disputar as Olimpíadas de Paris 2024 é grande, o que pode valorizá-lo ainda mais. O goleador está com a Seleção Brasileira sub-23, se preparando para o Pré-Olímpico, na Venezuela, neste mês.

    O herói do título da Copa Libertadores é a principal aposta do Fluminense para encher os cofres ao fim da temporada. Com relação ao volante André, por exemplo, existe a expectativa de ele ser negociado ainda nesta janela.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original