Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Rodrigo Caetano, do Atlético-MG, responde alfinetada de Coudet: “Ingratidão”

    O executivo disse que ficou surpreso com a declaração do argentino e também elogiou o trabalho do técnico

    Rodrigo Caetano disse que não desejava a interrupção do trabalho de Coudet no Atlético-MG
    Rodrigo Caetano disse que não desejava a interrupção do trabalho de Coudet no Atlético-MG Pedro Souza / Atlético-MG

    Redação Itatiaia

    Depois de Eduardo Coudet ter dito em entrevista coletiva sobre “a má sorte de cruzar com a mesma pessoa” no Brasil, referindo-se a Rodrigo Caetano, o diretor de futebol do Atlético-MG respondeu o treinador do Internacional.

    Nesta quinta-feira (27), o executivo disse que ficou surpreso com a declaração do argentino e falou em “ingratidão”. Os dois trabalharam juntos no Internacional, em 2020, e no Galo, em 2023. Nas duas oportunidades, o técnico ficou insatisfeito com a montagem de elenco ao longo da temporada e deixou os projetos.

    “Tudo que eu tinha para dizer a ele, em todos os episódios, foi de forma frontal e franca. O que eu tinha para dizer a ele, eu disse frontalmente. Eu não usei e não usarei a imprensa para qualquer comunicação com ele. Não faço isso com ninguém. Por isso eu encaro como uma certa ingratidão. Ele não cruzou comigo. Eu fui buscar ele”, disse.

    “Eu lamento muito. Confesso que não esperava. Encaro como uma certa ingratidão. No meio do futebol, não podemos esperar das outras pessoas aquilo que a gente deseja. (…) Lamento, encaro como ingratidão”, completou.

    Apesar da troca de farpas, Rodrigo Caetano elogiou Eduardo Coudet como treinador e disse que não desejava a interrupção do trabalho no Atlético-MG. O diretor de futebol disse que o clube não poderia atender todas as demandas do argentino.

    “Foi aqui no Galo que ele ganhou o primeiro título dele no Brasil. Foi aqui que ele trabalhou com grande elenco. Talvez ele não tenha o entendimento de que o projeto do clube supera os projetos pessoais. Não temos uma varinha de condão que sai contratado”, disse.

    Depois de deixar o Atlético-MG de forma tumultuada, Eduardo Coudet acertou o retorno ao Internacional. Até o momento, ele comandou o Colorado em uma partida, o empate sem gols com o Bragantino, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original