Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Casagrande lamenta situação do Corinthians: “Estão jogando a história no lixo”

    Comentarista lamenta problemas internos do clube e diz que atual crise não é apenas esportiva, mas também administrativa

    Da CNN

    O ex-jogador Walter Casagrande comentou a crise interna enfrentada pelo Corinthians no programa Domingol com Benja, da CNN Brasil. Ele criticou duramente o ex-presidente Duilio Monteiro Alves, apontando que este teria prejudicado o time.

    Casagrande, que é corintiano apaixonado, disse que o que mais o machuca não são os resultados negativos em si, mas o “estado administrativo do clube”.

    Críticas à gestão e falta de transparência

    Casagrande criticou o grupo que ficou no comando do Corinthians por 16 anos, acusando-os de “estarem jogando a história do clube no lixo”. Ele cobrou explicações sobre promessas não cumpridas, como um suposto acordo com a Caixa Econômica Federal para pagar a Neo Química Arena, que teria sido anunciado como certo pelo ex-presidente Duilio Monteiro Alves dias antes da eleição, mas que nunca se concretizou.

    “Tem alguém do Corinthians aí, o Duílio, você vai dar uma entrevista e explicar porque não deu certo a Caixa Econômica, já que você falou que estava tudo certo?”, questionou.

    Além disso, Casão fez questão de frisar que, para ele, Duilio foi o “pior presidente da história do clube”.

    “Pra mim, Duilio foi o pior presidente da história do clube. Decepcionante, porque eu conheci ele criança, filho do Adilson. Esses caras que saíram fizeram de tudo para ficar, quando perceberam que não ia dar, fizeram de tudo para prejudicar o Augusto Melo, que começou muito mal e precisa responder por algumas coisas”, comentou.

    O ex-jogador disse estar triste por ver pessoas que alegam ser corintianas, mas na verdade “estão prejudicando muito o Corinthians” e “acabando com o clube”.

    Memórias e amor pelo Corinthians

    O comentarista relembrou com carinho as memórias de sua infância e juventude no Parque São Jorge, onde nasceu sua paixão pelo Corinthians. Ele contou que, quando garoto, pulava a grade do clube para jogar futebol no campo.

    “Tem muitas coisas ali que fazem lembrar a minha vida”, afirmou, citando o parquinho infantil e momentos importantes de sua vida pessoal vividos no clube.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas