Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Presidente do Corinthians projeta transferência de Wesley: “Maior venda da história”

    Jovem desperta interesse de clubes estrangeiros para a janela; Bidon também tem sondagens

    Augusto Melo em entrevista ao influenciador Cross
    Augusto Melo em entrevista ao influenciador Cross Reprodução/Cross

    Luis Fabianida Itatiaia

    Alvo de clubes europeus, Wesley tem sua possível venda como tema constante nos bastidores do Corinthians. Augusto Melo, presidente do clube, reitera o interesse em fazer uma grande negociação pelo atacante de 19 anos.

    Augusto revelou que as primeiras sondagens pelo atleta ficavam próximas dos oito milhões de euros (aproximadamente R$ 44 milhões). O dirigente ainda reafirmou que mantém constante diálogo com o estafe do atacante para valorizá-lo no mercado.

    “Primeira oferta que chegou, chamei o empresário, falava-se em 8 milhões de euros, quando assumi. Tivemos sondagens, não chegou o papel. Expliquei a nossa intenção, o que a gente queria para a base. Por conhecer futebol, ele disse que confia em mim. Empresário gente boa que confia no projeto. Temos uma multa, um bom contrato, gestão qualificada. Veio uma nova sondagem, conversamos e era cedo. Estamos valorizando, já teriam vendido na primeira sondagem. Vamos ganhar muito bem. Mostra alguém igual a esse garoto? Em breve estará na Seleção”, disse Augusto Melo ao influenciador Cross.

    “Será a maior venda da história do Corinthians. Tem um futuro brilhante, a comissão [técnica] precisa do garoto.”

    Outro jovem do Corinthians que desperta interesse no mercado é o volante Breno Bidon, que se tornou titular da equipe. Augusto Melo, no entanto, diz não pretender abrir negociações de venda do jogador ainda neste ano.

    “Teve sondagem no Bidon, mas esse ano não tem conversa. Pensamos primeiro no time. Se eu tiver um grande time, vamos ter receita e com ela mantenho os atletas. Um garoto como o Moscardo não durou três meses”, concluiu.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original