Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    São Paulo perde para o Cuiabá e fica fora do G4

    Cuiabá já havia perdido uma cobrança de pênalti antes de abrir o placar

    Cuiabá vence São Paulo na Arena Pantanal
    Cuiabá vence São Paulo na Arena Pantanal GIL GOMES/AGIF

    da Itatiaia

    O Cuiabá venceu o São Paulo por 2 a 1 na Arena Pantanal em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, Clayson – de pênalti – e Isidro Pitta marcaram para o time da casa; antes, Deyverson já havia perdido uma cobrança. E Nathan Mendes descontou aos 53 do segundo tempo para o São Paulo.

    Com o resultado, o Cuiabá se afasta da zona de rebaixamento com 20 pontos, na 13ª colocação. Já o tricolor paulista ficou fora da G4, na quinta colocação, com 26 pontos. Caso Fluminense e Bragantino vençam seus jogos, o São Paulo pode ser ultrapassado.

    Na próxima rodada, o Cuiabá visita o Internacional, em Porto Alegre, no sábado (29), às 16h (de Brasília). Já o Tricolor Paulista recebe o Bahia, no domingo (30), às 11h00.

    O jogo

    Mesmo com o time praticamente titular, o São Paulo não fez um grande primeiro tempo. A equipe do técnico Dorival Júnior deu muito espaço para o Cuiabá na marcação – foram três finalizações que exigiram participação de Rafael – e foi pouco criativo na construção das jogadas, apesar de 70% de posse de bola. Tanto que demorou 35 minutos para conseguir efetivamente assustar o goleiro Walter.

    Os dois principais lances surgiram com Calleri. Mesmo isolado e sentindo falta de Luciano, que foi um dos titulares poupados, o argentino quase marcou em um bonito girou dentro da área na primeira chance. Na segunda, pouco minutos depois, ganhou pelo alto e cabeceou para boa defesa de Walter. O 0 a 0 foi o resultado justo para os primeiros 45 minutos.

    Dorival Júnior não fez modificações no intervalo para mudar o panorama e se arrependeu. O Cuiabá cresceu no jogo e teve dois pênaltis assinalados com intervenção do VAR em sequência após o árbitro Bruno Mota Correia mandar seguir e conseguiu abrir o placar na segunda tentativa. Deyverson desperdiçou o primeiro pênalti, mandando na trave, mas Clayson fez o segundo.

    Assim que sofreu o gol, Dorival, que já havia sido expulso por reclamação em relação ao primeiro pênalti do Cuiabá, fez três mudanças. Luciano, Juan e Erison entraram. Pouco depois outras duas alterações: Alisson e Michel Araujo. Não deu certo. Isidro Pitta também saiu do banco e fez o segundo. O São Paulo fez um segundo tempo muito ruim, mas, no fim, diminuiu com Nathan.

    Cuiabá 2 x 1 São Paulo

    Cuiabá

    Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Alan Empereur e Rikelme; Raniele, Denilson (Lucas Mineiro) e Fernando Sobral (Ronald); Jonathan Cafu (Wellington Silva), Deyverson (Isidro Pitta) e Clayson (Iury Castilho). Técnico: Bruno Lazaroni (auxiliar)

    São Paulo

    Rafael; Nathan, Arboleda, Diego Costa e Caio Paulista; Luan (Alisson), Pablo Maia e Rodrigo Nestor (Michel Araujo); Wellington Rato (Juan), Calleri (Erison) e Marcos Paulo (Luciano). Técnico: Dorival Júnior.

    Gols: Clayson, aos 21, Isidro Pitta, aos 32, Nathan, aos 54 minutos do segundo tempo.

    Cartões amarelos: Diego Costa, Jonathan Cafu, Calleri, Luciano, Marllon, Erison e Pablo Maia.

    Cartão vermelho: Dorival Júnior.

    Árbitro: Bruno Mota Correia (RJ).

    Público: 34.072 pessoas.

    Renda: R$ 2.039.625,00.

    Local: Arena Pantanal, em Cuiabá.