Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Espanha diz que apoia inclusão da Ucrânia para sediar Copa do Mundo de 2030

    Declaração do governo espanhol ocorre após jornal revelar a intenção de Kiev de se juntar na chapa composta pelo país ibérico e por Portugal

    Troféu da Copa do Mundo da Fifa; Mundial do Catar ocorrerá entre novembro e dezembro
    Troféu da Copa do Mundo da Fifa; Mundial do Catar ocorrerá entre novembro e dezembro Reuters

    Belen Carrenoda Reuters em Madrid

    A Espanha diz que apoiaria a entrada da Ucrânia como uma das candidatas a sediar a Copa do Mundo de 2030, disse a porta-voz do governo, Isabel Rodríguez, nesta terça-feira (4) ao ser questionada sobre uma reportagem do “The Times”.

    O jornal informou na segunda-feira (3) que a Ucrânia está disposta a se juntar a Espanha e Portugal na tentativa de sediar o evento em 2030.

    Os chefes de futebol da Espanha e de Portugal vão conceder uma entrevista coletiva na sede da Uefa, na Suíça, na quarta-feira (4), para falar sobre a candidatura conjunta e possível adesão da Ucrânia, segundo as autoridades.

    Este ano, a Copa do Mundo acontecerá no Catar. Em 2026, o evento será sediado por três países: Estados Unidos, México e Canadá. Será a primeira vez que a Copa será compartilhada por três nações anfitriãs.

    Até então, a única vez que o campeonato ocorreu em mais de um país simultaneamente foi em 2002, com Japão e Coreia do Sul.

    Isso permitiu com que as nações criassem chapas para sediar o evento em uma tentativa de diminuir os gastos.