Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Após momento difícil em 2023, Marcelo se torna goleador do Fluminense na Libertadores

    Apesar da conquista no ano passado, lateral ficou fora de alguns jogos e não tinha conseguido marcar na competição continental

    Rio de Janeiro, Brasil - 29/05/2024 - Maracanã -Fluminense enfrenta o Alianza Lima do Paraguai esta noite no Maracanã pela última rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores 2024.
    Rio de Janeiro, Brasil - 29/05/2024 - Maracanã -Fluminense enfrenta o Alianza Lima do Paraguai esta noite no Maracanã pela última rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores 2024. Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE FC

    Guilherme Abrahãoda Itatiaia Rio de Janeiro

    Marcelo foi campeão da Copa Libertadores do ano passado pelo Fluminense, mas ainda faltava algo para o craque.

    E neste ano, não falta mais. E veio em dose dupla. O camisa 12 fez seus primeiros gols na competição continental para ajudar o Flu a sonhar com o bicampeonato.

    Apesar do título em 2023, ele viveu um momento turbulento na competição. No primeiro jogo das oitavas de final, cometeu falta grave em Luciano Sanchez, do Argentinos Juniors-ARG, foi expulso e pegou três jogos de suspensão.

    Somente na semifinal, o craque voltou a jogar, mas ainda faltava seu gol. O Fluminense foi campeão, Marcelo teve bom desempenho, mas o encontro com as redes foi adiado.

    Na verdade, em 32 jogos no ano passado, somente dois gols. Ao lado de Marquinhos, é o artilheiro do time no torneio continental.

    Agora, na Copa Libertadores, ele desencantou contra o Cerro Porteño-PAR e marcou mais uma vez diante do Alianza Lima-PER. São dois gols. E em comum, dois lindos gols.

    “É sorte. Tive sorte de bater bem na bola. O Cano fez 1-2, me entendeu. É sorte”, brincou.

    De qualquer forma, ele foi decisivo mais uma vez em 2024, com apenas 20 jogos, já são os mesmos dois gols dos 32 jogos do ano passado, além de duas assistências contra uma em 2023.

    Marcelo sabe que o Fluminense tem condições de ser bicampeão da Libertadores. Mas para isso, precisa de vitória em duelos difíceis como esse contra o Alianza, decidido muito pelo seu talento.

    “A gente sabe que todo jogo é difícil, tem que improvisar. Entendemos o que tinha que fazer. Eles tiveram chance de fazer o gol no primeiro tempo. Tivemos no segundo tempo. Tivemos a oportunidade de reverter o placar. O que treinamos aconteceu”, explicou.

    O foco muda. A segunda fase da Libertadores é só em agosto. No sábado (1), às 18h30 (de Brasília), o Tricolor Carioca recebe o Juventude, pela Série A do Campeonato Brasileiro, no Maracanã.

    O Flu está na zona de rebaixamento, após seis jogos, com cinco pontos.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original