Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Jogador de time da Libertadores revela oferta para levar cartão amarelo

    Atleta recebeu uma ligação de um número do Paraguai

    Always Ready disputou as fases preliminares da Libertadores deste ano
    Always Ready disputou as fases preliminares da Libertadores deste ano Martín Fonseca/Eurasia Sport Images/Getty Images

    Da CNN

    Na última segunda-feira, o meia Robson Matheus, do Always Ready, da Bolívia, revelou ter recebido uma proposta para que levasse cartão amarelo proposital no jogo contra o Defensa y Justicia, nesta quarta-feira (10), pela Copa Sul-Americana.

    Segundo o atleta, que tem 21 anos de idade, ele recebeu uma ligação de um número do Paraguai e garantiu que recusou a oferta.

    “Primeiro, ofereceram 5 mil dólares (R$ 25 mil) para eu levar amarelo contra o Defensa y Justicia. Eu disse que não, que não é do meu caráter isso, que não gosto disso, estou começando no futebol. Quando eu disse que não, ofereceram 10 mil dólares (R$ 50 mil). Disse que não, que jogo futebol porque amo, não por dinheiro”, contou o jogador.

    “Eu disse que podem oferecer muito dinheiro que nunca vou aceitar isso. Não é meu caráter, não é minha pessoa. Era um número de telefone paraguaio, mas não aceitei. Isso me deixou mal. Vim ao treino e contei à direção o que aconteceu, agora eles estão me apoiando”, completou.

    O Always Ready chegou a disputar as fases preliminares da Copa Libertadores deste ano, mas foi eliminado nos pênaltis para o Nacional, do Uruguai. Agora, a equipe boliviana está no grupo A da Copa Sul-Americana e encara o Defensa y Justicia, da Argentina, nesta quarta (10), às 19h.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas