Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Mbappé critica avanço da extrema direita na França e convoca jovens a votar

    Atacante foi perguntado neste domingo (16) sobre as eleições legislativas no país

    Da CNN

    Diante do avanço da extrema direita no Parlamento Europeu e às vésperas das eleições legislativas na França, os jogadores da Seleção Francesa não estão alheios ao momento político do país.

    Neste domingo (16), o atacante Kylian Mbappé, principal estrela e capitão dos Bleus, criticou a extrema direita e convocou os jovens eleitores a votarem.

    “Estamos num momento crucial na história do país. Você tem que saber resolver as coisas e ver suas prioridades. Somos cidadãos acima de tudo, não devemos estar desligados do mundo. Estamos numa situação sem precedentes. Quero dirigir-me a todos os franceses e, em particular, à geração jovem. Vemos que os extremos estão às portas do poder. Temos a possibilidade de mudar tudo”, afirmou o jogador do Real Madrid.

    Mbappé reforçou o discurso de seu companheiro Marcus Thuram, que no sábado (15) já havia falado sobre as eleições, utilizando a entrevista coletiva para se posicionar contra o Reunião Nacional (RN), partido liderado por Marine Le Pen e que derrotou os governistas na eleição para o Parlamento Europeu.

    “[O avanço da extrema direita] É triste. Temos que lutar para que o Reunião Nacional não passe”, disse Thuram.

    “Compartilho dos mesmos valores que Marcus. Espero que minha voz seja transmitida para o máximo possível [de pessoas]. Precisamos nos identificar com valores de tolerância, respeito, diversidade. Que façamos a escolha certa e tenhamos orgulho de vestir esta camisa no dia 7 de julho”, completou Mbappé.

    No último domingo (9), o presidente francês Emmanuel Macron dissolveu o parlamento e convocou eleições legislativas antecipadas. O primeiro turno será realizado em 30 de junho, com um segundo turno em 7 de julho.

    A França de Mbappé e Thuram estreia na Eurocopa nesta segunda-feira (17), contra a Áustria, às 16h (de Brasília), em Düsseldorf.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas