Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Dirigente do Grêmio dispara contra arbitragem e promete reclamação formal na CBF

    Vice de futebol, Antônio Brum, afirmou "que ficou incrédulo" com a não marcação de pênalti para o Tricolor Gaúcho

    Antônio Brum, vice de futebol do Grêmio, reclamou da arbitragem
    Antônio Brum, vice de futebol do Grêmio, reclamou da arbitragem Foto: Reprodução/ Grêmio TV

    Guilherme Abrahãoda Itatiaia

    O Grêmio prometeu reclamar formalmente da arbitragem de Flávio Rodrigues de Souza, na derrota para o Vasco, neste domingo (14), em São Januário, na estreia do Campeonato Brasileiro.

    A principal reclamação da diretoria gremista, e da comissão técnica, é de um eventual pênalti não marcado, ainda no primeiro tempo. No lance, a bola toca no braço de Lucas Piton, e mesmo com a conferência no VAR, o árbitro considerou lance acidental.

    O vice de futebol do Grêmio, Antônio Brum, detonou a arbitragem em entrevista coletiva.

    “Lamento ter que estar aqui falando sobre esse assunto. Mas não poderia deixar de estar aqui falando em nome do Grêmio, de uma delegação de 50 pessoas que deixou suas famílias e trabalhou sério, em nome de nove milhões de torcedores que presenciaram essa vergonha que aconteceu em São Januário. É mais uma vez uma vergonha. É um dia triste para o futebol brasileiro”, disparou.

    Ele ainda se mostrou irritado com a interpretação de Flávio Rodrigues, ao afirmar que o lance foi acidental.

    “Estou incrédulo. A maior prova disso é o silêncio que o estádio ficou quando o árbitro foi ao VAR”, lamentou.

    Por meio das redes sociais, o Tricolor Gaúcho postou um vídeo do lance, confirmando que vai protocolar uma reclamação formal na CBF.

    “A gente vai protocolar requerimento em nome do Grêmio. A gente toma as atitudes, mas vamos ser duros desta vez. A gente fica muito triste. Não vamos pertirmir que esse tipo de coisa aconteça com o Grêmio. Para mim, é uma grande tristeza para o futebol brasileiro”, disse Brum.


    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original