Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Técnico do PSG explica por que deixou Mbappé no banco

    Equipe venceu o Nantes por 2 a 0 no último sábado pelo Campeonato Francês

    Capitão da seleção francesa, Kylian Mbappé, durante treino do PSG
    Capitão da seleção francesa, Kylian Mbappé, durante treino do PSG 13/02/2024REUTERS/Gonzalo Fuentes

    Da CNN

    O Paris Saint-Germain venceu o Nantes no último sábado (17) por 2 a 0 pela 22ª rodada do Campeonato Francês. Mbappé começou o jogo no banco de reservas, mas entrou durante a partida e marcou, de pênalti, o segundo gol da equipe.

    O técnico Luis Enrique explicou a decisão de começar com o atleta fora dos titulares e afirmou que não teve nada a ver com a decisão do atleta em comunicar o clube que pretende sair da equipe após o fim do contrato, que vai até junho deste ano.

    “É simples e difícil de explicar. Nós jogamos pela Champions League há dois dias, então precisávamos de energia para performar. Era importante dar minutos aos jogadores que não participaram daquela partida (contra a Real Sociedad). Temos metas ambiciosas, vocês sabem. Precisamos de todos os jogadores”, afirmou.

    Em relação à partida da Champions League, os únicos jogadores que foram titulares nos dois jogos foram: Donnarumma, Marquinhos, Danilo Pereira, Zaïre-Emery e Barcola.

    Mbappé vai deixar o PSG

    O francês Kylian Mbappé anunciou à direção do PSG que pretende deixar o Paris Saint-Germain no final da temporada, em junho deste ano, quando o contrato do atacante termina. A informação é da emissora francesa RMC Sport. Os acordos para a saída ainda não foram totalmente definidos.

    Segundo o jornal Le Parisien, o salário do atleta é de 72 milhões de euros por temporada. Em junho do ano passado, Mbappé já havia optado por não ativar a cláusula de renovação de contrato até 2025. A situação gerou um desconforto com a diretoria, que não queria que o atacante deixasse o clube de graça após o término do vínculo.

    O clube então pressionou para que o francês ou fosse vendido ou renovasse o contrato e chegou até a deixar o atleta afastado dos treinamentos da equipe.

    “Não podemos deixar um dos melhores jogadores de futebol do mundo ir embora de graça. Se Kylian quiser continuar com a gente, como nós queremos que continue, terá de assinar um novo contrato”, afirmou Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG.

    No momento, Mbappé pode firmar pré-contrato com qualquer clube, já que faltam menos de seis meses para o fim do vínculo com o clube francês.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas