Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja quanto Fluminense terá que desembolsar com a demissão de Fernando Diniz

    Treinador teve um aumento significativo da multa rescisória recentemente, porque renovou com o Tricolor carioca até o final de 2025

    Fernando Diniz, ex-técnico do Fluminense
    Fernando Diniz, ex-técnico do Fluminense Lucas Merçon/Fluminense

    Guilherme Abrahãoda Itatiaia

    O Fluminense renovou no mês de maio o contrato de Fernando Diniz até o final de 2025. Inicialmente, o vínculo do treinador era até dezembro deste ano. Com a demissão do técnico, o clube terá que desembolsar uma alta quantia indenizatória devido ao novo vínculo.

    A multa de Fernando Diniz pela demissão é de cerca de R$ 7 milhões, conforme a reportagem da Itatiaia apurou. Para se ter ideia, a Seleção Brasileira pagou aproximadamente R$ 6 milhões ao Flu quando Diniz foi chamado para treinar o Brasil.

    Entretanto, mesmo com esses valores substanciais, o acordo será amigável. Como Diniz e o presidente Mário Bittencourt possuem uma ótima relação, o técnico não se opôs em receber de forma parcelada o valor da quebra unilateral de contrato.

    Se Diniz não tivesse renovado, o Fluminense pagaria em torno de R$ 1 milhão pela quebra do contrato, uma vez que Diniz teria apenas mais seis meses de vínculo.

    Contratado em 2022, o técnico encerra sua segunda passagem no clube com 146 jogos, 74 vitórias, 30 empates e 42 derrotas. Ele conquistou o Campeonato Carioca e a Libertadores, em 2023, além da Recopa Sul-Americana, em 2024.

    Sem o técnico, agora com Marcão no comando interino, o Fluminense recebe o Vitória, na quinta-feira (27), às 19h (de Brasília), no Maracanã, pela 12ªrodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é o lanterna do torneio com seis pontos em 11 jogos.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original