Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Garantido na Série A, Cruzeiro intensifica busca por treinador para 2024

    Interino, Paulo Autuori voltará ao cargo de diretor técnico ao fim da temporada 2023

    Paulo Autuori em jogo contra o Fortaleza, em novembro
    Paulo Autuori em jogo contra o Fortaleza, em novembro Staff Images / Cruzeiro

    Guilherme PiuMatheus Muratorida Itatiaia

    O Cruzeiro atingiu o objetivo principal na temporada ao permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro, mas com uma comissão técnica interina no comando do time. Paulo Autuori, o responsável por dirigir a equipe, disse ao assumir que não permanecerá como treinador em 2024, retomando o cargo de diretor.

    Por isso, o departamento de futebol já esquenta a busca por um novo comandante para o ano que vem. A procura acontece no mercado interno e externo, segundo apurou a Itatiaia.

    Autuori, que chegou como diretor técnico em agosto deste ano, assumiu em novembro como treinador até o fim do ano, em substituição a Zé Ricardo. Em relação ao comandante, o ano de 2023 foi de incerteza para o Cruzeiro.

    Campeão da Série B de 2022, o que garantiu a equipe celeste de volta à elite do futebol após três anos na segunda divisão, o Cruzeiro iniciou 2022 com a manutenção do uruguaio Paulo Pezzolano como treinador.

    Em março, a primeira mudança: Pezzolano anunciou que deixaria o clube, isso logo após a eliminação nas semifinais do Campeonato Mineiro.

    Pezzolano já havia dito ao fim de 2022 que queria deixar o Cruzeiro, mas foi mantido no cargo após conversa com a diretoria. Em abril, o uruguaio foi anunciado como treinador do Real Valladolid, da Espanha, clube presidido pelo ex-jogador Ronaldo, sócio majoritário cruzeirense.

    Pepa

    Após Pezzolano, chegava ao Cruzeiro o técnico mais longevo em 2023: o português Pepa. O técnico comandou o time na Copa do Brasil (foi eliminado nas oitavas de final) e também no Campeonato Brasileiro.

    Depois de 25 jogos oficiais, com oito vitórias, oito empates e dez derrotas, Pepa foi demitido em agosto. À época, o Cruzeiro estava na 12ª posição do Brasileirão, com 25 pontos.

    Indefinição e Zé Ricardo

    O Cruzeiro demorou para agir e chegou a ter um jogo com Fernando Seabra, treinador do sub-20, como interino. Já em setembro, veio a definição: Zé Ricardo foi anunciado para substituir Pepa.

    Neste momento, o time celeste viveu o momento mais tenso da temporada. Zé Ricardo foi demitido em novembro, depois de dez jogos, com três vitórias, dois empates e cinco derrotas.

    Zé Ricardo deixou o Cruzeiro na 17ª posição, com 37 pontos, abrindo o Z4 do Brasileirão. Depois que Paulo Autuori assumiu de forma provisória, depois de a diretoria se deparar com um mercado escasso, o time celeste venceu duas, empatou três e, a uma rodada do fim do Brasileirão, salvou-se do rebaixamento.

    Último jogo do ano

    O Cruzeiro entrará em campo pela última vez em 2023 às 21h30 desta quarta-feira (6). O time celeste receberá o Palmeiras, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 38ª e última rodada do Brasileirão.

    A equipe comandada por Autuori tentará no mínimo manter a posição na tabela, o que garantiria uma vaga na Copa Sul-Americana de 2024. Já o Palmeiras lidera a Série A, com 69, e entrará em campo para confirmar o título nacional – basta um empate e, em caso de derrota, o vice-líder Atlético precisará vencer e tirar saldo de oito gols.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original