Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    McGregor crava que fará mais duas lutas no UFC em 2024: “Estou de volta”

    Lutador irlandês está fora do octógono desde 2021

    O lutador irlandês Conor McGregor terá três lutas no ano
    O lutador irlandês Conor McGregor terá três lutas no ano Foto: Instagram/ Reprodução

    Mateus Moreirada Itatiaia

    Confirmado no UFC 303, Conor McGregor enfrentará Michael Chandler no evento do dia 29 de julho. Mesmo fora de ação desde 2021, o irlandês planeja um retorno brutal e afirmou que fará mais duas lutas, ainda em 2024.

    “Farei três esse ano: em junho, setembro, dezembro. Temos Chandler em junho, obviamente. Setembro é o Dia da Independência do México, potencialmente alguém com ascendência mexicana, talvez um (Nate) Diaz. Acho que Diaz seria perfeito. Eu não sei os detalhes. Eu meio que pensei que seria adorável”, revelou ao The MacLife.

    Em sua última aparição no octógono, Conor foi derrotado por Dustin Poirier, no UFC 264. Apesar do resultado negativo, McGregor reforçou viver um bom momento e estar pronto para voltar à ativa.

    “Estou de volta e chorando. Estou me sentindo ótimo. ‘Atualize o software sem danificar o hardware’, diz um antigo ditado do treinador Kavanagh. O treinamento está indo muito bem e estou animado para começar”, completou.

    Momento de tensão

    Os três anos longe do esporte se devem à uma lesão sofrida, justamente na derrota para Dustin Poirier. Na época, Conor quebrou a perna e a fratura exigiu que o lutador realizasse uma cirurgia para colocar uma haste intramedular na tíbia. Além disso, foi inserida uma placa e parafusos na fíbula esquerda.

    O lutador falou sobre o processo de recuperação e brincou ao dizer que, agora, está “inquebrável”.

    “Deus abençoe a ciência médica, minha carteira, meu patrimônio líquido e poder pagar cuidados do mais alto nível. Tive os melhores cuidados. Eu sou o ‘Exterminador do Futuro’ agora. Tenho uma haste de titânio que vai até o joelho e desce até o osso, até o tornozelo. É inquebrável, tenho o caminho livre para chutar agora”, contou ao “This Life of Mine with James Corden”.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original