Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Surfe: presidente da WSL na América Latina projeta futuro do Brasil na modalidade e relembra medalha em Tóquio

    Ivan Martinho concedeu entrevista exclusiva à CNN

    Ítalo Ferreira com a medalha de ouro conquistada no surfe em Tóquio
    Ítalo Ferreira com a medalha de ouro conquistada no surfe em Tóquio Foto: Jonne Roriz / COB

    Bruno Scaciottida CNN

    Convidado do CNN Esportes S/A deste domingo (7), Ivan Martinho, presidente da WSL (World Surf League) na América Latina, relembrou a conquista de Ítalo Ferreira na última Olimpíada e como ela pode ter sido importante para o crescimento do esporte no Brasil.

    Eu acho que a gente tem uma oportunidade de ouro de fato nas mãos. Essa geração que a maioria deles tem 28, 29, 30 anos, então a gente espera que tenha no mínimo mais cinco ou 10 anos de competição em alto rendimento.

    Ivan Martinho, presidente da WSL na América Latina

    Medalha de Ouro de Ítalo Ferreira

    O primeiro campeão do Surfe masculino nas Olimpíadas, Ítalo Ferreira não está classificado para Paris 2024. Entretanto, Ivan relembrou a medalha conquistada nas ondas de Chiba, no Japão.

    O Ítalo Ferreira conquistou a primeira medalha olímpica de ouro e vai ser pra sempre o primeiro medalhista olímpico da categoria masculina. Eu acho que as Olimpíadas são o maior palco esportivo do mundo. A gente tá às vésperas de Paris 2024 […] tão importante quanto nós termos essa exposição, é nós termos capacidade de reter parte dessa audiência depois para o circuito Mundial, que acontece em todo o ano.”, afirmou.

    Cenário do Surfe durante o ciclo olímpico

    “Um grande problema dos esportes ou de alguns dos esportes olímpicos é ter uma janela de exposição a cada quatro anos. Nós não. O que a gente quer é sim aproveitar essa oportunidade de aparecer para novos olhares mundo afora”.

    Futuro da modalidade no Brasil

    “Como brasileiro torcedor, conhecedor e fã do esporte, eu também pude observar essa transformação. Eu acho que a gente tem uma oportunidade de ouro de fato nas mãos. Essa geração que a maioria deles tem 28, 29, 30 anos, então a gente espera que tenha no mínimo mais cinco ou 10 anos de competição em alto rendimento.”

    CNN Esportes S/A

    Com a presença de Ivan Martinho, o CNN Esportes S/A chega à 55ª edição. Apresentado por João Vitor Xavier, o programa aborda os bastidores de um mercado que movimenta bilhões e é um dos mais lucrativos do mundo: o esporte.

    Em pauta, os assuntos mais quentes da indústria do mundo da bola, na perspectiva de economia e negócios.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas