Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    “Perguntou a cor da minha roupa íntima”, diz ex-funcionária de presidente da Federação Espanhola

    Tamara Ramos, diretora-geral do sindicato Futbolistas ON, acusou Rubiales de ter cometido assédio sexual quando os dois trabalhavam na AFE, Associação de Futebolistas Espanhóis

    Luis Rubiales durante a recepção da Seleção Espanhola feminina pelo primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez
    Luis Rubiales durante a recepção da Seleção Espanhola feminina pelo primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez Pablo Blazquez Dominguez/Getty Images

    Da CNN

    Após ser denunciado por beijo na jogadora espanhola Jenni Hermoso durante a cerimônia de entrega de medalhas da Copa do Mundo Feminina, Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, foi mais uma vez acusado de assédio.

    Tamara Ramos, diretora-geral do sindicato Futbolistas ON (associação que representa jogadores profissionais de futebol na Espanha), em entrevista ao “El Programa de Verano”, da TV espanhola, revelou diversas denúncias de quando os dois trabalhavam juntos na AFE (Associação de Futebolistas Espanhóis).

    “Sofri humilhações, foi uma barbaridade. Não me surpreende em nada [o episódio do beijo], porque o conheço faz muitos anos e sofri com ele. O que me estranha é que tenha se tornado público”, afirmou.

    A diretora contou ainda que, diante de grandes jogadores, como Piqué e Casillas, teve que ouvir perguntas como: “Qual a cor da sua roupa íntima?”, além de outras insinuações de teor sexual, como: “Você veio colocar suas joelheiras”.

    Ela disse também que agora é mais fácil que as pessoas acreditem nela, além de afirmar que não acredita no pedido de desculpas realizado pelo presidente. Para ela, parece que ele está se “justificando”.

    Rubiales publicou um vídeo com um pedido de desculpas para Jenni Hermoso em que ele aparece sozinho. Segundo a jornalista Natalia Torrente, do portal Relevo, o presidente tentou fazer com que Hermoso também aparecesse com ele na publicação, mas não conseguiu.

    Segundo a jornalista, ele teria dito à zagueira: “Meu cargo está em jogo, faça isso nem que seja pelas minhas filhas. Preciso que apareça comigo”. Ainda de acordo com informações da repórter, o técnico Jorge Vilda falou com os familiares da zagueira para que tentassem convencê-la a participar do vídeo com Luis Rubiales.

    Comunicado da Federação

    Na última terça-feira (22), a Federação Espanhola de Futebol emitiu um comunicado convocando, “com caráter de urgência”, uma Assembleia Geral Extraordinária para a próxima sexta-feira (25) a partir das 12h.

    A nota oficial afirma ainda que “os procedimentos internos da Federação relativos a questões de integridade estão abertos, bem como todos os outros protocolos aplicáveis”.

    Denúncias a Luis Rubiales

    O presidente do Conselho Superior do Esporte (CSD), órgão do governo da Espanha, afirmou que tomará medidas contra o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Luis Rubiales, se a própria entidade presidida por Rubiales não o fizer.

    Em entrevista ao programa “El Larguero” no canal espanhol Cadena SER, o presidente do CSD, Victor Francos, disse que o Conselho está disposto a se envolver depois de receber três reclamações formais sobre as ações de Rubiales.

    O CSD é um órgão autônomo do Ministério da Cultura e Esporte e tem poder para exigir a saída de Rubiales. Para isso, precisa seguir uma série de etapas, incluindo a apresentação de uma reclamação externa contra ele. O caso deve ser ouvido em tribunal.

    Na noite da última segunda-feira (21), o presidente do CENAFE (Centro Nacional de Treinadores de Futebol), Miguel Ángel Galán, formalizou uma denúncia contra Rubiales alegando que o mandatário da federação infringiu a Lei do Esporte e o protocolo contra violência sexual da própria entidade que comanda o futebol nacional.

    A queixa realizada por Galán foi tanto ao CSD quanto à Comissão de Ética e Integridade da federação, que foi recebida e aceita.

    (Publicado por Beatriz Consolin)


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas