Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Presidente da Federação Espanhola é denunciado por beijo em jogadora na Copa

    Mandatário de entidade dos treinadores denunciou formalmente Luis Rubiales pelo ato durante a premiação da Copa do Mundo

    Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola, foi denunciado pelo beijo em Jenni Hermoso
    Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola, foi denunciado pelo beijo em Jenni Hermoso Oscar J. Barroso / AFP7 via Getty Images

    Da CNN

    O beijo que o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Ruabiales, deu na meio-campista Jenni Hermoso durante a entrega das medalhas às campeãs da Copa do Mundo Feminina, segue repercutindo na Espanha.

    Na noite desta segunda-feira (21), o presidente do CENAFE (Centro Nacional de Treinadores de Futebol), Miguel Ángel Galán, formalizou uma denúncia contra Rubiales alegando que o mandatário da federação infringiu a Lei do Esporte e o protocolo contra violência sexual da própria entidade que comanda o futebol nacional.

    “Na minha qualidade de treinador nacional nível 3 filiado à Federação Espanhola, denuncio Luis Rubiales pelo descumprimento da Lei 39/2022 do Esporte em razão do ato sexista de beijar na boca [a jogadora] Jennifer Hermoso na entrega do troféu do Mundial feminino 2023”, diz Galán no início de sua denúncia.

    “Segundo a lei, trata-se de um ato sexista intolerável no esporte. Corresponde, portanto, ao Conselho Superior de Esportes levar minha denúncia ao Tribunal Administrativo do Esporte para a abertura de um expediente que investigue o alcance do ato.”

    Luis Rubiales pediu desculpas nesta segunda-feira por ter beijado a jogadora espanhola na entrega de medalhas às campeãs mundiais.

    Jenni Hermoso, camisa 10 da Espanha, estava cumprimentando os dirigentes espanhóis quando chegou em Rubiales, que a abraçou, segurou seu rosto e lhe deu um beijo na boca.

    “Seguramente errei, tenho que reconhecer. Num momento de máxima efusividade, sem qualquer má intenção ou má-fé, aconteceu o que aconteceu, de maneira muito espontânea”, disse.

    “Tenho de pedir desculpa, não tenho alternativa. Além disso, tenho de aprender com isso e perceber que, quando represento uma instituição tão importante quanto a Federação, sobretudo em cerimônias, tenho que ter mais cuidado”, continuou Rubiales.

    Ministro da Cultura e do Esporte da Espanha, Miquel Iceta classificou a atitude como “inaceitável” e disse que todas as jogadoras “merecem respeito”. Ele exigiu que o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol se explicasse e se desculpasse.

    “Temos todos que ser cuidadosos em nossas atitudes e nossas ações. É inaceitável beijar uma jogadora na boca para felicitá-la”, afirmou.

    (Publicado por Bruno Rodrigues)

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas