Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Risco de rebaixamento do Cruzeiro aumenta após empate do Fortaleza

    Equipe celeste tem 43 pontos, três a mais que o Bahia, integrante da zona de rebaixamento

    Derrota do Cruzeiro para o Internacional e vitória do Vasco sobre o Botafogo levaram o time celeste para o Z4 do Brasileirão
    Derrota do Cruzeiro para o Internacional e vitória do Vasco sobre o Botafogo levaram o time celeste para o Z4 do Brasileirão Staff Imagens

    Túlio Kaizerda Itatiaia

    Belo Horizonte

    O risco de rebaixamento do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro aumentou após o empate do Fortaleza com o Botafogo, por 2 a 2, nesta quinta-feira (23), no Estádio Castelão, em duelo atrasado da 29ª rodada da competição.

    O Cruzeiro iniciou o dia com 14,7% de risco de rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Após o jogo no Castelão, esse número aumentou para 14,9%. Os cálculos foram divulgados pelo Departamento de Matemática da UFMG.

    O time celeste ocupa a 16ª posição no Campeonato Brasileiro, com 43 pontos. O time celeste tem três pontos a mais que o Bahia, primeiro time na zona de rebaixamento.

    O Cruzeiro voltará a campo contra o Goiás. As equipes vão se enfrentar na próxima segunda-feira (27), às 21h, pelo encerramento da 35ª rodada do Brasileirão. O Esmeraldino é o 18º e antepenúltimo, com 35 pontos, e é outro time na briga contra o rebaixamento.

    Probabilidades de rebaixamento, segundo a UFMG

    • América – 100%
    • Coritiba – 99,9980%
    • Goiás – 94,8%
    • Bahia – 65,8%
    • Cruzeiro – 14,9%
    • Vasco – 14,1%
    • Santos – 5%
    • Internacional – 3,3%
    • Corinthians – 1,2%
    • Fortaleza – 0,99%
    • São Paulo – 0,034%
    • Cuiabá – 0,002%

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original