Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Técnico da Argentina põe continuidade em dúvida: “Está complicado seguir”

    Campeão do mundo com Albiceleste, Lionel Scaloni deixou aberta a possibilidade de sair

    Técnico da Seleção da Argentina, Lionel Scaloni durante entrevista coletiva em Doha
    Técnico da Seleção da Argentina, Lionel Scaloni durante entrevista coletiva em Doha Albert Gea/Reuters

    Da CNN

    Campeão da América e do mundo com a Seleção Argentina, o técnico Lionel Scaloni surpreendeu e falou em tom de despedida na entrevista coletiva que concedeu após a vitória sobre o Brasil, nesta terça-feira (21), por 1 a 0, no Maracanã.

    Antes de se despedir dos jornalistas presentes, Scaloni fez um pronunciamento e deixou aberta a possibilidade de sair do comando da Albiceleste.

    “Uma coisa importante que tenho de dizer é que agora é hora de parar a bola, tenho muitas coisas para pensar. Esses jogadores me deram e nos deram um monte [de alegrias], e preciso pensar muito no que vou fazer. Não é um adeus nem nada do tipo, mas a vara está muito alta e está complicado seguir, continuar ganhando”, disse o técnico.

    “Vou conversar com o presidente, com os jogadores, porque esta seleção precisa de um treinador que tenha todas as energias possíveis e que esteja bem”, completou.

    Autor do gol da vitória argentina sobre o Brasil, o zagueiro Nicolás Otamendi se disse surpreendido com as declarações de Scaloni e afirmou que o elenco vai conversar com o treinador.

    “Receber essa notícia é um choque, mas é preciso conversar sobre isso de forma mais calma”, declarou o defensor aos jornalistas na zona mista do Maracanã.

    Lionel Scaloni assumiu o comando da Argentina como interino logo após a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O treinador acabou efetivado pela AFA (Associação do Futebol Argentino) e levou a equipe nacional ao título da Copa América de 2021, contra o Brasil, no Maracanã, que findou um jejum de 28 anos sem títulos da seleção principal.

    O trabalho seguiu com a conquista da Finalíssima, diante da Itália, torneio organizado por Conmebol e Uefa que reúne o vencedor da Copa América e da Eurocopa.

    Mas o ponto mais alto da passagem de Scaloni pela Albiceleste até aqui foi o título mundial no Catar, em dezembro de 2022, o primeiro da Argentina desde 1986 e que consagrou Lionel Messi como campeão do mundo.

    (Publicado por Bruno Rodrigues)

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas