Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Trave e Cássio: Corinthians vence Estudiantes nos pênaltis e está na semifinal da Sul-Americana

    Goleiro e capitão vence sua 13ª disputa de penalidades pelo Timão

    Cássio comemora com os companheiros a classificação do Corinthians
    Cássio comemora com os companheiros a classificação do Corinthians Marcelo Endelli/Getty Images

    Luccas Oliveirada CNNLuis Fabianida Itatiaia

    Quem tem Cássio sabe que uma disputa de pênaltis não é tão loteria assim. O Corinthians tem, e está na semifinal da Copa Sul-Americana, superando o Estudiantes fora de casa, nesta terça-feira (29).

    Além do goleiro, o Timão contou também com a trave, que evitou quatro gols no tempo normal, além de parar duas cobranças de pênaltis do argentino. Cássio defendeu a de Rollheiser, seu 32º pênalti defendido pelo Corinthians.

    No tempo normal, o Estudiantes venceu por 1 a 0, devolvendo o placar do jogo de ida, na Neo Química Arena. O gol foi marcado por Mauro Méndez, com menos de um minuto de bola rolando.

    Foi um massacre do time argentino, que finalizou 28 vezes na partida, 11 delas no gol de Cássio. Já o Corinthians acertou apenas um chute no gol de Andujar, mas conseguiu levar a decisão para os pênaltis.

    E, com uma defesa de Cássio e duas cobranças na trave, o Corinthians venceu sua 13ª disputa de pênaltis em 19 que o goleiro disputou pelo clube.

    Agora, o time paulista espera a definição do confronto entre Fortaleza e América-MG. O tricolor cearense tem grande vantagem, já que ganhou por 3 a 1 a partida de ida, em Belo Horizonte, e decide em casa.

    Um novo estilo

    Luxemburgo apostou em uma escalação inédita no Corinthians para encarar o Estudiantes. A principal mudança em relação ao time esperado ficou pela ausência de Yuri Alberto, que iniciou a partida no banco de reservas.

    Com isso, o Corinthians iniciou a partida tendo Renato Augusto como um centroavante de mobilidade. Nas beiradas, Matías Rojas ocupou o lado direito e Ángel Romero o esquerdo. Mais atrás, Maycon e Ruan Oliveira foram os responsáveis pela criação.

    Gol relâmpago

    Se a proposta do Corinthians era de segurar o zero a zero em La Plata, ela logo precisou ser repensada. Afinal, com somente 50 segundos de jogo, o Estudiantes abriu o placar com Mauro Méndez.

    No lance, a equipe iniciou a criação pelo lado direito do ataque, com um cruzamento mirando o segundo poste. Bruno Méndez tentou afastar, mas soltou a bola no pé de Mauro Méndez, que bateu firme e contou com desvio de Lucas Veríssimo para superar Cássio.

    Sem respirar

    Com a vantagem caindo pelo ralo em 50 segundos, o Corinthians passou a ser mero espectador nos minutos seguintes ao tento. O time de Vanderlei Luxemburgo não conseguiu sair do campo de defesa e se limitou a evitar que o placar aumentasse.

    Cássio fez boas defesas em duas oportunidades. A trave do goleiro corintiano também trabalhou duas vezes. Ofensivamente, o Corinthians teve apenas uma finalização, contra 16 do time da casa no primeiro tempo.

    Mudança de planos

    Aos poucos, Luxemburgo foi abdicando da proposta de jogo inicial do Corinthians. Com Renato Augusto distante do setor de criação, o treinador promoveu a entrada de Yuri Alberto e recuou o camisa 8 para o meio de campo.

    Pelas beiradas, o primeiro tempo improdutivo de Romero fez o treinador acionar Wesley, que foi o nome mais acionado pela equipe nos lances de velocidade.

    Pênaltis

    Pelo Estudiantes, Sosa, Méndez marcaram. Rollheiser parou em Cássio, Lollo e Ascacíbar chutaram no travessão.

    Para o Corinthians, Fábio Santos, Fausto Vera e Matías Rojas converteram. Giuliano perdeu.

    Clássico pela frente

    Agora, o Corinthians tem parada dura pela frente no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (03), às 16h (de Brasília), o Timão recebe o Palmeiras na Neo Química Arena pela 22ª rodada da competição nacional.

    Estudiantes 1 (2) x (3) 0 Corinthians

    Estudiantes: Andújar, Mancuso (Boselli), Nuñez, Lollo e Benedetti; Ascacíbar, Rodríguez, Sosa e Rollheiser; Carillo e Méndez. Técnico: Eduardo Domínguez.

    Corinthians: Cássio; Bruno Méndez, Gil, Lucas Veríssimo e Fábio Santos; Gabriel Moscardo (Giuliano), Maycon, Ruan Oliveira (Wesley) e Renato Augusto (Fausto Vera); Matías Rojas e Ángel Romero (Yuri Alberto). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

    Gol: Mauro Méndez (1min 1ºT), para o Estudiantes.

    Cartões amarelos: Nuñez, do Estudiantes; Yuri Alberto e Maycon, do Corinthians.

    Motivo: jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana.

    Data: 29 de agosto de 2023 (terça-feira).

    Horário: 21h30 (de Brasília).

    Local: Estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata, na Argentina.

    Arbitragem: Wilmar Roldán, auxiliado por Alexander Guzmán e Wilmar Navarro (trio colombiano).

    VAR: Juan Lara (CHI)

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas