Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    UFC: lutador anuncia pausa após sofrer convulsão em nocaute

    Bryce Mitchell sofreu dura derrota para Josh Emmet no UFC 296

    Bryce Mitchell, lutador do UFC
    Bryce Mitchell, lutador do UFC Reprodução/Instagram Bryce Mitchell

    Mateus Moreirada Itatiaia

    Bryce Mitchell sofreu uma dura derrota para Josh Emmet, no UFC 296. Após o duelo, no qual sofreu uma convulsão, Bryce decidiu dar uma pausa de seis meses em sua carreira de lutador.

    “Estou criando meu próprio protocolo de concussão. Vou conversar com meus treinadores também, e nós basicamente vamos dizer ‘não faça sparring por seis meses’, contou à ESPN norte-americana.

    O lutador também revelou os planos para o futuro. “Eu tenho que construir uma nova casa e esperar meu primeiro filho, mas depois disso vou direto para meu próximo camp. O bom é que não preciso me apressar com isso”, completou.

    Lutador se assustou com nocaute

    Bryce revelou que reviu o duelo e, diante das imagens, se assustou com o ocorrido.

    “Eu estava assistindo à luta para estudar. Quando eu vi quão ruim foi o nocaute, eu assisti tudo, assisti o que eles fizeram comigo depois e eu estava conversando, apertando mãos e cambaleando”, revelou.

    Relembre o caso

    Josh Emmet e Bryce Mitchell protagonizaram um combate histórico no UFC 296. Na ocasião, Josh aplicou um nocaute brutal no adversário, ainda no primeiro round, que caiu em convulsão. Bryce foi escalado de última hora para substituir Giga Chikadze, que se lesionou antes da luta.

    Mesmo com a dura derrota, Bryce Mitchell encontrou motivos para dizer “obrigado” ao adversário. Ao notar que já havia colocado um ponto final no duelo, Josh interrompeu a sequência de golpes, atitude que pode ter salvado a vida do rival norte-americano.

    “Quero deixar todos cientes de que estou muito feliz com o Josh. Logo após ele me nocautear, ele poderia ter continuado com marretadas, e provavelmente teria me matado”, revelou.

    “Ele sequer deu seguimento. Ele estava apenas feliz com seu nocaute e se afastou. E sou muito grato por isso. Lembrarei disso para sempre. Obrigado por não ter me batido mais, Josh. Deus te abençoe, irmão”, agradeceu nas redes sociais.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original