Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Veja o que diz a imprensa espanhola sobre o julgamento de Daniel Alves 

    Na Espanha, imprensa esportiva repercutiu o julgamento do jogador que começou nesta segunda-feira (5)

    Daniel Alves em julgamento, na Espanha.
    Daniel Alves em julgamento, na Espanha. D.Zorrakino. POOL / Europa Press

    Jairo Nascimentoda CNN

    São Paulo

    A imprensa espanhola repercutiu o julgamento de Daniel Alves, em Barcelona, acusado de agressão sexual. Nesta segunda-feira (5), a vítima foi ouvida. A defesa do jogador pediu para que ele seja ouvido no último dia do julgamento, na quarta-feira (7).

    O jornal Marca relembrou que imagens de Daniel Alves não eram publicadas há 13 meses. “O brasileiro veste calça jeans, camisa branca e tênis branco”, explica o jornal. Fotos de Alves na sala do julgamento foram divulgadas pela imprensa. Veja:

    Apesar destas imagens, a imprensa não acompanhou o depoimento da vítima. Também foi determinado no processo que imagens da jovem não sejam identificadas nem divulgadas para preservá-la durante o julgamento. O Marca também publicou as falas da advogada de defesa de Daniel Alves, Inés Guardiola, que nega que seu cliente tenha uma dívida milionária com o governo espanhol e reclama que há um tratamento injusto para o acusado durante o julgamento.

    Segundo o Mundo Deportivo, serão ouvidas testemunhas que estiveram na boate, em dezembro de 2022. Serão uma prima e uma amiga da vítima, um porteiro e dois garçons 

    O site As destacou que o Tribunal aprovou que Daniel Alves seja o último a falar nesta fase do julgamento. Além da vítima, a previsão é que 28 testemunhas sejam ouvidas nos três dias do julgamento. Peritos também serão ouvidos.

    Daniel Alves é acusado por uma suposta agressão sexual que teria acontecido em na boate Sutton, em Barcelona, em dezembro de 2022, contra uma jovem de 23 anos. A acusação pede 12 anos de prisão a Alves e a promotoria pede 9 anos de prisão, outros 10 em liberdade condicional além de 150 mil euros de indenização.

    Daniel Alves nega as acusações e sua defesa busca a sua absolvição. Serão 3 dias de julgamento e o resultado deve ser conhecido nos próximos dias. O ex-jogador da seleção brasileira está preso, em Barcelona, desde 20 de janeiro de 2023 de maneira preventiva por risco de fuga.

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas