Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Pampa: CBV e personalidades do vôlei lamentam morte do campeão olímpico

    Ex-atleta morreu nesta sexta-feira (7), aos 59 anos, após tratar de um câncer

    Pampa estava internado por complicações no tratamento
    Pampa estava internado por complicações no tratamento Reprodução / Facebook

    Leonardo Gimenezda Itatiaia

    A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) lamentou a morte de Pampa, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992, na manhã desta sexta-feira (7). O ex-jogador estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, para o tratamento de um Linfoma de Hodgkin.

    Por meio de nota, a entidade destacou os feitos da carreira de André Felippe Falbo Ferreira, o Pampa, e da importância do jogador para o vôlei brasileiro.

    “Com pesar e grande tristeza, a CBV recebeu a notícia do falecimento do campeão olímpico Pampa nesta sexta-feira. Além da medalha de ouro em Barcelona 1992, primeiro título olímpico do vôlei brasileiro, Pampa conquistou a Liga Mundial de 1993 e foi prata nos Jogos Pan-Americanos de 1991 com a seleção brasileira”, divulgou a CBV.

    Na nota, o presidente da confederação, Radamés Lattari, afirmou que Pampa será eternamente uma referência para o esporte.

    “Pampa era um jogador de extremo talento e fez parte da geração que levou o vôlei brasileiro pela primeira vez ao alto do pódio olímpico. Será para sempre referência. É um dia muito triste para todo o voleibol brasileiro. A CBV se solidariza com a família e os amigos deste grande jogador, que escreveu seu nome para sempre na história do esporte mundial”, disse.

    O ex-técnico da Seleção Brasileira Masculina e também ícone do vôlei, Renan Dal Zotto, lamentou a morte do amigo na publicação da CBV. “Que tristeza, descansa em paz, meu querido amigo”, escreveu na legenda.

    Outras personalidades do vôlei também demonstraram tristeza com a morte do ex-jogador, como o ex-líbero Serginho Escadinha, o levantador Bruninho e o ex-oposto Wallace Martins.

    Tratamento de Pampa

    Diagnosticado com Linfoma de Hodgkin, Pampa chegou a ficar entubado em um hospital de Campos dos Goytacazes, no interior do Rio, antes de ser transferido para São Paulo. Ele estava na capital paulista desde o dia 19 de abril.

    A história de Pampa

    Nascido em 24 de novembro de 1964, André Felippe Falbo Ferreira conquistou a medalha de ouro nos Jogos de Barcelona, pela Seleção Brasileira de Vôlei, em 1992.

    Natural de Recife, Pernambuco, Pampa também foi medalhista de prata nos Jogos Pan-Americanos de 1991. Além disso, foi ouro na Liga Mundial de 1993, em São Paulo.

    Fora das quadras, o ex-jogador atuou no Ministério do Esporte, de 2000 a 2002. Posteriormente, também foi Secretário de Esportes da cidade de Suzano, em São Paulo.

    Em 2013, Pampa foi nomeado com Secretário de Esportes da cidade de Campos dos Goytacazes, no Rio. O ex-atleta conciliava o cargo com a Pampa Sports, sua empresa de marketing esportivo, cultural e de entretenimento.

    Prêmios individuais

    Pampa foi nomeado pela FIVB (Federação Internacional de Volleyball) como o melhor atacante brasileiro, na Olimpíada de Seoul, em 1988. No Japão, foi eleito, pela NEC, melhor jogador (MVP), além dos prêmios de melhor saque e melhor ataque.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original