Brasil tem 9 restaurantes em lista de 50 melhores da América Latina; confira

Lista Latin America’s 50 Best elege restaurante argentino o melhor da América Latina. No Brasil, A Casa do Porco, em São Paulo, foi melhor colocado

Por Diego Freire, da CNN, em São Paulo
04 de dezembro de 2020 às 03:04 | Atualizado 04 de dezembro de 2020 às 11:15
Prato da Casa do Porco
Pancetta com Goiabada servida na Casa do Porco Bar
Foto: Reprodução/Facebook (A Casa do Porco Bar)

Nove restaurantes brasileiros aparecem entre os 50 melhores da América Latina, segundo a votação do Latin America’s 50 Best, que chegou à oitava edição e anunciou sua lista de 2020 nesta quinta-feira (3), em uma cerimônia virtual. A premiação é organizada pela William Reed Business Media, que desde 2002 também publica Os 50 melhores Restaurantes do Mundo, e, desde 2013, os 50 Melhores Restaurantes da Ásia.

No top 3, porém, o país ficou de fora. Especializado em carnes, o argentino Don Julio, em Buenos Aires, foi eleito o melhor restaurante da América Latina neste ano, seguido por dois estabelecimentos peruanos, ambos localizados em Lima: o Maido (que foi campeão no ano passado) e o Central.

Leia também:
Singapura se torna o primeiro país a aprovar carne cultivada em laboratório

O restaurante brasileiro melhor colocado foi o A Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda, localizado no bairro da República, no centro de São Paulo, e considerado o quarto melhor da América Latina em 2020.

Os organizadores do prêmio chamaram o restaurante brasileiro de "paraíso de um carnívoro".

"Com tudo, desde pedaços crocantes de torresmo de pancetta a tártaro de porco, A Casa do Porco é uma verdadeira peregrinação suína, com toda a carne 100% brasileira. Em 2019, estreou na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo na 39ª colocação", diz texto no site da premiação.

Equipe do restaurante A Casa do Porco, em São Paulo
Equipe do restaurante A Casa do Porco, em São Paulo
Foto: Instagram/ Reprodução

Entre os 10 melhores restaurantes, o ranking traz, ainda, dois estabelecimentos mexicanos, um chileno, um argentino, um colombiano e um peruano. 

Como segundo brasileiro melhor colocado, está o restaurante Oteque, no bairro do Botafogo, no Rio de Janeiro, comandado pelo chef Alberto Landgraf, que ficou na 12ª colocação.

"Focada em produtos locais, a culinária de Landgraf é precisa e criativa", dizem os organizadores.

Na lista, o Rio de Janeiro aparece também com o Lasai, em 21º.

Já São Paulo tem outros cinco entre os 50 melhores: D.O.M. (13º), Maní (23º), Evvaí (26º), Mocotó (33º) e Corrutelo (50º).

A nona presença brasileira na lista está em Curitiba: o Manu, na capital paranaense, ficou com a 44ª colocação.