Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Balenciaga discute crise climática, realidade virtual e Guerra na Ucrânia na PFW

    O estilista da marca Demna considerou cancelar o desfile, mas decidiu manter a apresentação para passar uma mensagem: "Semana de moda parece um absurdo neste momento"

    Desfile da Balenciaga durante a Semana de Moda de Paris
    Desfile da Balenciaga durante a Semana de Moda de Paris Balenciaga

    Nick Remsenda CNN

    Paris

    Ouvir notícia

    Com todos os olhos voltados para Balenciaga, um dos lançamentos de coleção mais esperados da Semana de Moda de Paris, o diretor criativo da marca, Demna, usou sua plataforma para homenagear os ucranianos em um desfile dramático que evocou um profundo sentimento de desconforto com o futuro.

    Para o designer, a crise humanitária que se desenrola na Europa Oriental, onde mais de 1,5 milhão de ucranianos fugiram do país, chega perto de casa.

    Demna (que prefere não usar seu sobrenome) nasceu em Sukhumi, uma cidade na Geórgia que viu fortes combates durante a guerra civil do país no início dos anos 1990.

     

    O designer e sua família estavam entre as dezenas de milhares de pessoas que fugiram de Sukhumi em meio ao conflito na disputada região da Abkhazia, que é considerada independente pela Rússia, apesar de ser reconhecida internacionalmente como parte da Geórgia.

    “A Guerra na Ucrânia desencadeou a dor de um trauma passado que carrego em mim desde 1993, quando a mesma coisa aconteceu com meu país natal e me tornei um refugiado para sempre”, escreveu ele, em nota entregue aos convidados do desfile Outono/Inverno 2022, realizado nesse domingo (6), nos arredores de Paris.

    Em um momento comovente, o designer recitou um poema em ucraniano do amado poeta Oleksandr Oles. Nenhuma tradução foi fornecida, pois Demna pretendia que sua mensagem de força fosse ouvida por aqueles que pudessem entendê-la. Em outro gesto, bandeiras ucranianas foram penduradas nos assentos dos convidados.

    Durante o show, os modelos se arrastaram pela neve artificial e um vento cortante, alguns segurando sacos de lixo de couro grandes (ou bolsas de lixo, como as notas do show os descreviam).

    Embora a coleção tenha sido projetada antes do início da Guerra na Ucrânia, era difícil não traçar paralelos e, falando com repórteres nos bastidores, Demna disse que o set e a encenação – uma produção chocante e emocionante – refletiam deliberadamente sua própria experiência de conflito e deslocamento há 30 anos.

    Demna também observou que a gravidade do set era, originalmente, um comentário parcial sobre as mudanças climáticas e como, devido ao aquecimento global, a neve pode ter que ser renderizada digitalmente no futuro. Uma parede de vidro separava o público do cenário circular, criando uma espécie de transmissão ao vivo.

    O desfile não foi a primeira vez que Demna respondeu à Guerra na Ucrânia. Na semana passada, a Balenciaga postou uma imagem da bandeira da Ucrânia em sua conta do Instagram e afirmou que todos os canais da empresa estariam compartilhando detalhes sobre como contribuir para causas de socorro. A postagem também anunciou que a gravadora forneceria orientação sobre recursos para informações verificadas.

    Look da coleção Outono/Inverno 2022 da Balenciaga, apresentada durante a PFW / Balenciaga

    A Balenciaga, desde então, apagou essa imagem de sua grade e carregou imagens do show. Um link para doar para o Programa Mundial de Alimentos permanece na seção de destaques do Instagram da Balenciaga.

    A coleção apresentava trens longos e silhuetas ondulantes ao lado de peças clássicas como gola alta e moletons grandes. Trajes de corpo colados à pele também estavam em exibição. Um modelo foi envolto da cabeça aos pés em fita de embalagem Balenciaga amarela e preta – um visual idêntico que foi visto em Kim Kardashian, que participou do evento como convidada.

    O show terminou sem um final, quando os modelos normalmente saem juntos para dar uma última caminhada em grupo. Em vez disso, o último modelo saiu do set com uma faixa intensa e sufocante intitulada “Storm”, do compositor de música eletrônica BFRND. Luzes no céu falso acima do set piscavam e tremeluziam, acrescentando drama ao clima artificial.

    Look da fita também usado por Kim Kardashian na plateia do desfile da Balenciaga / Balenciaga

    Em sua nota aos convidados, Demna disse que considerou cancelar o show completamente na semana anterior, refletindo sobre o fato de que “em um momento como esse, a moda perde sua relevância e seu direito real de existir”.

    “Semana de moda parece um absurdo neste momento”, escreveu ele.

    Mas chegou à conclusão de que cancelar o evento significaria “ceder” e “se render ao mal que já me machucou tanto… Decidi que não posso mais sacrificar partes de mim para aquela guerra sem sentido e sem coração.”

    Em última análise, o show alcançou o que o designer faz de melhor: forçou o espectador a fazer perguntas, tanto a si mesmo quanto ao sistema – talvez fazendo uma sugestão farpada de que a Balenciaga de Demna espelha o mundo, e muitas vezes o que vemos olhando para nós é vai ser desconfortável.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN