Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rede de hotéis vai pagar funcionários na Europa para fazerem tatuagens

    Estratégia faz parte de um esforço para atrair candidatos em meio a uma escassez de trabalhadores no mercado

    Julia Buckleyda CNN

    Ouvir notícia

    No implacável mundo pós-pandemia para o setor de hospitalidade, conseguir os melhores funcionários é essencial. Por isso, um grupo hoteleiro decidiu atrair funcionários de destaque oferecendo uma vantagem – uma tatuagem grátis se eles ficarem por seis meses.

    A Ruby Hotels da Alemanha, que tem 16 propriedades em toda a Europa, está oferecendo aos novos recrutas até 500 euros para fazer uma nova tatuagem, piercing ou corte de cabelo assim que completarem seis meses de emprego.

    E pouco mais de um mês desde que o esquema começou em junho, as inscrições para trabalhar com a marca já aumentaram 25% – apesar de ser o período de férias de verão na Europa.

    “Dada a escassez de funcionários na indústria hoteleira em toda a Europa, este é um resultado muito satisfatório”, disse Uta Scheurer, vice-presidente de recursos humanos da Ruby, à CNN.

    A campanha é em parte para chamar a atenção, disse ela – mas, mais importante, é atrair o tipo de equipe que eles querem em seus hotéis: “jogadores de equipe que valorizam o caráter, a alma e a individualidade”, escreveu a empresa em um comunicado.

    “A Ruby quer incentivar seus funcionários a criar sua história de sucesso individual, mostrar sua própria personalidade e também mostrá-la no trabalho”.

    “Amamos pessoas com personalidade e é isso que queremos comunicar”, acrescentou Scheurer.

    Scheurer – que tem tatuagens – disse à CNN que “a mistura de personagens individuais é o que cria o clima e o sucesso de Ruby”.

    Ela continuou: “Tatuagens, piercings e penteados são algo muito pessoal”.

    “Eles são diferentes para todos, emocionais para todos, com um significado. Na Ruby, todos os funcionários podem e devem ser eles mesmos. Muitas empresas afirmam isso. Provamos isso com esta campanha”, diz Scheurer.

    Ela acrescentou: “A propósito, todo mundo quer tatuagens [não piercings ou penteados]. Isso mostra que atingimos um ponto importante com nossa abordagem”.

    E se os funcionários atuais se sentirem excluídos, não ficarão assim por muito tempo. O esquema se saiu tão bem que eles o expandiram. Quando um funcionário existente recruta um novo, a marca paga uma tatuagem para cada um deles.

    A campanha vai até o final do ano.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN