Alemanha precisa ajudar outros países da UE a se reerguerem, afirma Merkel

"Não é de interesse de ninguém que apenas a Alemanha saia fortalecida após a crise", disse Angela Merkel a aliados

Da CNN, em São Paulo
12 de maio de 2020 às 18:28
A chanceler alemã, Angela Merkel
Foto: Hannibal Hanschke - 8.mai.2020/Reuters

A Alemanha precisa ajudar seus vizinhos da União Europeia (UE) a retomarem a economia após a crise causada pelo surto do novo coronavírus, afirmou a chanceler do país, Angela Merkel. O pronunciamento foi feito em uma reunião com parlamentares de seu bloco nesta terça-feira (12).

Merkel disse aos parlamentares que é essencial para a Alemanha, como nação exportadora, que seus parceiros da União Europeia também se saiam bem. Na ocasião, foi abordado o programa de reconstrução da UE, cuja escala e financiamento estão em aberto. 

A Alemanha é o país europeu que teve mais êxito em conter a propagação do vírus. Um dos motivos da eficiência do país no combate à Covid-19 se deve ao volume de testes feitos para o diagnóstico da doença, o que levou a uma reabertura parcial da economia.

Leia também:

UE fecha acordo para plano de resgate de € 500 bilhões contra coronavírus

Maior aérea de baixo custo da Europa, Ryanair quer retomar 40% dos voos em julho

União Europeia apoia manter fronteiras externas fechadas até junho

"Não é de interesse de ninguém que apenas a Alemanha saia fortalecida após a crise", disse Merkel na reunião, de acordo com os participantes.

A chanceler concordou com Ralph Brinkhaus, líder do bloco parlamentar conservador CDU/CSU, no sentido de que a Alemanha deve transferir mais dinheiro a Bruxelas, acrescentaram os participantes.

Antes, Brinkhaus havia dito que a Alemanha quer ajudar seus parceiros do bloco, mas precisava saber para onde os bilhões seriam destinados. A Comissão Europeia deve apresentar propostas revisadas de orçamento na próxima semana.

Com Agência Reuters