México emite alerta de tsunami após terremoto

Ondas não atingiram parte continental do país, mas moradores relatam recuo do mar; sismo deixou um morto

Da CNN, em São Paulo
23 de junho de 2020 às 16:26 | Atualizado 23 de junho de 2020 às 17:42
Terremoto de 7,4 graus na escala Richter foi registrado no México nesta terça-feira (23)
Foto: Reprodução/ USGS

Autoridades mexicanas confirmaram que o terremoto de magnitude 7,4 no litoral sul do país deixou pelo menos um morto. O abalo sísmico na manhã desta terça-feira (23) também provocou um alerta de tsunami em áreas litorâneas próximas do Oceano Pacífico e danificou estradas pavimentadas.

A vítima fatal foi registrada em Oaxaca, estado mais próximo ao epicentro, relatou o governador local, Alejandro Murat. 

Leia também: 

Terremoto de magnitude 7,4 é registrado no México

O serviço sismológico mexicano disse que existe um tsunami em curso no litoral de Oaxaca e que o nível do mar subiu 60 centímetros na praia de Huatulco, um destino popular entre turistas norte-americanos e canadenses.

As ondas ainda não atingiram a área continental, mas a agência de proteção civil do país recomendou que os moradores da região se afastem do litoral.

Vídeos publicados em redes sociais mostraram a água do mar recuando em Oaxaca, que abriga plantações de café e resquícios da arquitetura colonial espanhola.

Morador da cidade de Juchitán, parte do estado mais afetado, Miguel Candelaria, de 30 anos, estava trabalhando no computador na casa de sua família quando o chão começou a tremer. Ele correu para fora com os parentes, mas eles tiveram que parar no meio da rua porque o asfalto estava sacudindo.

"Não conseguíamos andar... a rua parecia chiclete", disse Candelaria.

Vizinhos gritavam, aterrorizados, e alguns alertavam aos berros para que as pessoas se afastassem dos postes de luz, que pareciam prestes a cair, contou Candelaria, que trabalha com marketing de telecomunicações.

Terremotos de magnitude superior a 7 na Escala Richter são sismos de grande dimensão, capazes de provocar danos grandes e generalizados. Um terremoto de magnitude 7,1 que atingiu a região central do México em 2017 matou 355 pessoas na Cidade do México e em estados vizinhos.

O alerta de tsunami está mantido nas costas do Pacífico do México e das Américas Central e do Sul. Ondas de até um metro de altura podem surgir no litoral mexicano, alertou a Agência Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos.

(com informações da Reuters)