Covid-19: China registra maior aumento diário de infecções locais desde março

País registrou 57 casos de infecções locais em um dia - 41 deles na região de Xinjiang, onde o novo coronavírus ressurgiu em 15 de julho

Isaac Yee, da CNN
27 de julho de 2020 às 04:57
Pessoas com máscaras de proteção caminham em rua de Wuhan, na China, primeiro epicentro da Covid-19
Foto: Aly Song - 03.abr.2020/ Reuters

A China registrou 57 casos de infecção local do novo coronavírus no domingo (26), o maior número que o país já viu desde que controlou a disseminação do vírus em março, segundo dados divulgados pela Comissão Nacional de Saúde na segunda-feira.

Leia também:
Procurador afirma que refugiado confessou ter ateado fogo na catedral de Nantes

Consulado dos EUA em Chengdu fecha oficialmente após determinação chinesa

Entre os casos transmitidos localmente, 41 foram encontrados na região oeste de Xinjiang, onde o coronavírus ressurgiu em 15 de julho, após quase cinco meses sem novos casos.

Os casos restantes foram descobertos no nordeste do país, incluindo 14 na província de Liaoning e dois na província de Jilin.

O número de domingo é o maior número de infecções locais que o país registrou desde 6 de março, superando os picos diários durante um surto de coronavírus em Pequim no mês passado.

No domingo, a China também registrou quatro casos importados e 44 infecções assintomáticas. O país não inclui casos assintomáticos em sua lista geral de infecções confirmadas.

Na segunda-feira, a China registrou um total de 83.981 casos confirmados, incluindo 4.634 mortes, segundo o NHC.