Japão compra 120 milhões de doses da potencial vacina contra Covid-19 da Pfizer


Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
31 de julho de 2020 às 13:39 | Atualizado 31 de julho de 2020 às 13:40
Japoneses caminham no cruzamento de Shibuya, em Tóquio

Japoneses caminham no cruzamento de Shibuya, em Tóquio

Foto: Reprodução - 26.mai.2020 / Reuters

A Pfizer e a BioNTech anunciaram, nesta sexta-feira (31), que fizeram um acordo com o Ministério da Saúde do Japão para fornecer ao país 120 milhões de doses da vacina BNT162 mRNA-based, em desenvolvimento para combater o coronavírus. 

         Leia também:
         
Olimpíada de Tóquio: as principais novidades e as promessas de medalhas
         Olimpíada de Tóquio em 2021 será aberta por disputa de softbol

A entrega está planejada para o primeiro semestre de 2021. Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados, mas os termos são baseados na entrega e no volume das doses. 

Albert Bourla, CEO da Pfizer, disse, em comunicado da imprensa, que as empresas estão “extremamente honradas em trabalhar com o governo japonês e em conseguir os recursos para seguir no objetivo global de levar doses de uma vacina potencial para a Covid-19 para os japoneses o mais rápido possível”. 

No momento, as vacinas potenciais ainda estão em fase de testes e não estão autorizadas a ser distribuídas em qualquer lugar do mundo.