Manifestantes invadem Ministério das Relações Exteriores em Beirute

Milhares de pessoas tomam as ruas da capital do Líbano para protestar contra o governo e os parlamentares na maior crise em décadas

Da CNN
08 de agosto de 2020 às 13:02 | Atualizado 08 de agosto de 2020 às 14:05

Dezenas de manifestantes invadiram há pouco neste sábado (8) o prédio do Ministério das Relações Exteriores do Líbano, segundo informações da agência Reuters.

Segundo agências de notícias, tiros foram ouvidos na área dos protestos.

Milhares de libaneses tomam as ruas da capital Beirute em protesto à grave crise político-econômica pela qual passa o país, pedindo a renúncia do governo e do parlamento.

O estopim para a reação dos manifestantes foram as explosões que deixaram mais de 150 mortos e mais de 6 mil feridos na última terça-feira (4) na região portuária da capital libanesa.

Leia também:
Depois de explosão, libaneses protestam contra o governo em Beirute
Explosão em Beirute termina de derrubar um Líbano já em crise, diz historiadora
'É um sentimento de tristeza e raiva da população', diz brasileira em Beirute

Embora as investigações sobre a causa do acidente ainda estejam em curso, há a suspeita de negligência do governo na fiscalização do depósito que continha material tão perigoso.

O país vive uma de suas piores crises na história recente. Um terço da população vivia abaixo da linha da pobreza no ano passado, segundo estimativa do Banco Mundial. 

O Produto Interno Bruto do país deve recuar 12% neste ano, seguindo uma retração de 6,5% no último ano, de acordo com dados do Fundo Monetário Internacional (FMI).

(Edição: Marcelo Sakate)

(Com a Reuters)